Publicidade

Estado de Minas

Começou hoje o agendamento de casamentos na Igrejinha da Pampulha

Cem senhas foram distribuídas e teve quem chegou ao local antes das 6 horas da manhã. A expectativa é muito alta entre os noivos que tanto sonham fazer cerimônia em patrimônio da cidade


postado em 07/01/2020 15:32 / atualizado em 07/01/2020 16:58

Na inscrição, um dos noivos, ou alguém que os represente, deve indicar a data que deseja celebrar o casamento(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Na inscrição, um dos noivos, ou alguém que os represente, deve indicar a data que deseja celebrar o casamento (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Começou nesta terça-feira a temporada de casamentos na Capela Curial São Francisco de Assis, mais conhecida como Igrejinha da Pampulha, em Belo Horizonte, parte do conjunto Moderno reconhecido como Patrimônio da Humanidade. Cem senhas foram disponibilizadas. Por volta das 14h, 80 delas já haviam sido distribuídas.

Na inscrição, um dos noivos, ou alguém que os represente, deve indicar a data que deseja celebrar o casamento. A data e horário devem ser definidos conforme o calendário da capela. Os padres ressaltam que é importante indicar que serão reservadas datadas para 2020 e 2021. Durante a inscrição, serão partilhadas informações sobre os documentos necessários, a disponibilidade de horários e as taxas necessárias para a celebração do matrimônio.

A advogada Mariana Costa Reis, de 29, foi acompanhada do noivo educador físico Gustavo de Freitas Ferreira, de 29, e estavam animados para marcarem a data do casamento na igrejinha. O lugar é um marco histórico do casal, já que o pedido do casório foi feito na Pampulha. "Ele me pediu em casamento na Pampulha, bem perto da igreja. E lá é uma igreja linda, uma obra de arte. Gosto muito do local. Ficamos esperando ansiosamente que a reforma acabasse", disse ela.

Eles se conheceram na academia e se exercitam na orla. No dia do aniversário dela, ele preparou uma surpresa na Pampulha e o casamento não podia ser diferente.

O casal formado por pela cozinheira Priscila Raquel, de 33, e pelo chef de cozinha Igor Fabiano, 30 anos, fecharam a data 10 de outubro. Eles vão oficializar a relação que já tem 14 anos."A escolha foi pela proximidade das nossas casas e dos salões de festa. Além do mais, é um ícone da cidade e grande importância para nós", disse Igor. Eles chegaram ás 11h30, mas contou com ajuda de uma amiga que chegou ás 9h para guardar lugar na fila.

A amiga Tatiana Valor, de 32, foi a grande casamenteira do dia. Ela foi responsável pela data do casal Igor e Priscila, mas também de um casal da Irlanda. "Priscila e Igor estavam com a filha e não puderam chegar cedo. O outro casal não está no Brasil. Fiquei muito feliz por ter conseguido fechar as datas. Sei como é e fiquei bem satisfeita", contou.

Já Raquel Botello, de 26, já tem data marcada em outra igreja, mas quer mesmo é casar na Igrejinha da Pampulha. "Já deixei marcado em outra igreja, mas quero na igrejinha. Como a minha família é de São Paulo, seria muito legal fazer a cerimônia no símbolo da cidade", contou. E o noivo é de São Paulo e, por isso, não pode comparecer para marcar a data. Eles estão juntos a 3 anos e sonham juntos por esse momento.

A partir de quarta-feira (8), quem quiser se inscrever, deverá procurar a secretaria da Paróquia Santo Antônio da Pampulha, de terça a sexta-feira, das 9h às 11h e das 14h às 18h, e sábados, das 16h às 18h.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade