Publicidade

Estado de Minas

Apreensão de drogas nas estradas de Minas mais que dobra em relação a 2018

Cocaína tirada de circulação teve aumento de 161%, enquanto a quantidade de apreensões de maconha cresceu 71,4%


postado em 18/12/2019 13:24 / atualizado em 18/12/2019 15:00

Somente ontem, em Betim, foram apreendidos 700 quilos de maconha em um compartimento secreto de uma carreta(foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
Somente ontem, em Betim, foram apreendidos 700 quilos de maconha em um compartimento secreto de uma carreta (foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação)
Atuação mais efetiva ou mais drogas em circulação? As apreensões de entorpecentes nas estradas de Minas Gerais pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem crescido ano a ano. De acordo com a PRF, a corporação obteve a marca histórica de 25 toneladas apreendidas em 2019, o maior volume registrado em um período de um ano no estado.

O recorde foi alcançado no fim da tarde dessa terça-feira (17), quando agentes apreenderam uma carreta que transportava cerca de 700 quilos de maconha escondidos em um fundo falso. A droga foi encontrada em uma abordagem de rotina em um posto da PRF em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Veja vídeo;
 
 
 
O nervosismo intenso do motorista, um homem de 36 anos, chamou a atenção dos agentes. Após receberem informações da área de inteligência, foi realizada uma busca na carreta com auxílio de cães farejadores que sinalizaram a presença do entorpecente. 

A carga de trigo, que era transportada na carroceria do caminhão, precisou ser descarregada para que os policiais pudessem acessar o compartimento secreto. A droga estava acondicionada em diversos pacotes e totalizou 690 quilos. O motorista informou que vinha da cidade de Cafelândia (PR), e se dirigia para Contagem. Ele foi detido em flagrante. A droga foi  encaminhada, junto com a carreta, para a sede da Polícia Federal, em Belo Horizonte.

Este ano, já foram apreendidas 24 toneladas de maconha nas rodovias do estado. Número 71,4% maior que as 14 toneladas apreendidas em todo o ano passado.  

A estatística chama atenção quando combinada com os dados da cocaína apreendida nos últimos anos em Minas Gerais. Em 2017, foram apreendidos 193 quilos da droga pelos agentes da PRF . No ano seguinte, 247 quilos  foram retirados de circulação. Neste ano, as apreensões mais que dobraram em relação a todo o ano passado, atingindo o contingente de 646 quilos, um aumento de 161%.

A corporação atribui esse aumento a uma série de ações, que têm deixado o trabalho de fiscalização mais efetivo como a intensificação do uso de cães farejadores, o investimento em especialização, inteligência e qualificação dos policiais e a criação do chamado Grupo de Policiamento Tático (GPT) em diferentes delegacias da PRF no estado. 
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade