Publicidade

Estado de Minas CLIMA DE NATAL

Presépio a 500 mãos convida sociedade a repensar consumismo; veja onde visitar

Construído com recicláveis e participação de 250 pessoas, presépio colaborativo é um convite à reflexão e ao pensamento ecológico


postado em 30/11/2019 06:00 / atualizado em 30/11/2019 08:26

Todos os seis presépios contam com riqueza de detalhes que fascinam os visitantes(foto: Leo Lara/Studio Cerri)
Todos os seis presépios contam com riqueza de detalhes que fascinam os visitantes (foto: Leo Lara/Studio Cerri)

O plástico é caridade; o bambu é a esperança; o tetrapak é a fé e a madeira, a humanidade. Esses são só alguns dos materiais usados para compor um presépio natalino colaborativo construído coletivamente a partir de materiais reaproveitáveis. A edição do “Presépio Colaborativo da Casa Fiat de Cultura 2019” vai apresentar ao público não apenas uma, mas seis cenografias natalinas sustentáveis. A inauguração ocorreu ontem e contou com um bate-papo com o curador do presépio, o artista plástico Leo Piló, e uma cantata de natal. O presépio poderá visto até 5 de janeiro com entrada gratuita.


As dimensões e os aspectos definidos pelo curador Leo Piló espelham as múltiplas funções dos materiais escolhidos, promovem a reflexão sobre o descarte e a coleta seletiva de materiais. O objetivo ainda é oferecer um novo olhar a objetos comuns e, muitas vezes, banalizados. “Estamos dando largada ao natal. Cada um dos seis núcleos faz referência a um material reciclável associado a uma cor e uma palavra. Usamos plástico, papel, papelão, tetrapak, madeira e bambu”, disse Leo. O artista mineiro procura criar um elo entre arte e natureza, promovendo metodologia de reutilização de resíduos urbanos e gerando novas possibilidades inseridas na realidade atual. A ambientação das instalações conta com composições do álbum “3 Brasis”, fruto do encontro musical entre Chico Lobo, Márcio Malard e Paulo Sérgio. Ele conta que o presépio encanta crianças e adultos. “Vale muito a pena vir conferir”, completou.

Curador do presépio, Leo Piló diz que sempre procura criar um elo entre arte e natureza(foto: Leo Lara/Studio Cerri)
Curador do presépio, Leo Piló diz que sempre procura criar um elo entre arte e natureza (foto: Leo Lara/Studio Cerri)

E o mais interessante é que grande parte dos materiais utilizados na confecção das peças das instalações foi cedida pela Ilha Ecológica da Fiat, área de triagem e armazenamento de resíduos sólidos que funciona dentro da fábrica da montadora de veículos, em Betim. “A Nossa é a primeira fábrica do setor automotivo do país a conquistar a meta do Aterro Zero, 100% dos resíduos para reciclagem e reutilização”, disse o presidente da Casa Fiat de Cultura, Fernão Silveira. Em cinco anos, cerca de 7 mil toneladas de plástico e 9,4 mil toneladas de papel foram encaminhadas para a reciclagem.

Além da sustentabilidade, outro aspecto marcante do presépio é a coletividade. O público contribuiu ativamente na produção de peças e estruturas ao participarem das oficinas criativas. Realizadas entre os meses de outubro e novembro, as atividades contaram com o trabalho dos voluntários na confecção das mais de cinco mil peças que compõem as seis cenografias natalinas.

Cerca de 250 pessoas participaram dos 50 encontros da fase de criação. Maria Cristina Alves Santos da Cruz, de 53 anos, foi uma delas e ficou encantada com o resultado final. “Participei pela primeira vez. Eu trabalho com reciclagem no meu prédio e na escola em que trabalho. Tenho certeza de que, se cada um fizer sua parte, teremos um mundo bem melhor. E o presépio está lindo. Não tenho palavras”, contou.

“Uma obra de criação coletiva, com o olhar singular do artista Leo Piló, que se reinventa todos os anos, sem jamais perder a sua essência”, completou o presidente da Casa Fiat, que convida todo o público para a visitação. O presépio poderá visto até 5 de janeiro de 2020, com entrada gratuita. Os horários de visitação são: de terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Durante a visita, o público poderá tocar algumas das peças criadas para os presépios, reconhecendo texturas e tirando dúvidas sobre as técnicas empregadas no processo criativo.


Serviço
Presépio colaborativo Casa Fiat de Cultura
Endereço: Praça da Liberdade, 10 - Funcionários
Prazo: Ate dia 5 de janeiro de 2020
Horários: Terça a sexta, de 10h às 21h; sábado, domingos e feriados, de 10h às 18h
Entrada gratuita



Publicidade