Publicidade

Estado de Minas HOJE TEM

Fim de semana já tem jeito de Natal, Papai Noel de plantão e muito mais; veja a agenda

Correios abrem a oficina do Papai Noel para adoção de cartas e dão o tom da chegada de dezembro, que tem música, dança e brincadeiras


postado em 30/11/2019 06:00 / atualizado em 30/11/2019 08:24

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)

O domingo abre o mês de dezembro e a programação do fim de semana já começa com tons natalinos. Para abrir a agenda, convite à solidariedade. Uma ação dos Correios em vários pontos da cidade disponibiliza a adoção de cartinhas de crianças com pedidos singelos ao Papai Noel. Na programação para a criançada, tem museu com espetáculo e diversão garantida. Os adultos se divertem com shows musicais neste sábado e domingo, com dobradinha de Maurício Tizumba e samba na feira do Mineirinho. E tem muito mais. Confira:

Correios

Procuram-se Papais (e Mamães) Noéis
O Natal está chegando e para não deixar nenhuma criança sem a visita do Papai Noel, os Correios promovem um plantão especial neste sábado e no domingo. Interessados em adotar uma das cartinhas enviadas por estudantes de escolas públicas ou crianças acolhidas em creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos de Belo Horizonte poderão contar com a facilidade dos pontos de adoção exclusivos que ficarão abertos na capital. Para escolher apadrinhar um sonho basta ir a uma das seguintes agências: BH Shopping (sábado das 10h às 20h; domingo, das 12h às 19h); Shopping Cidade (mesmo horário); Shopping Del Rey (sábado das 12h às 20h; domingo das 12h às 19h); e Agência Central dos Correios, na Avenida Afonso Pena, 1.270 (domingo das 8h às 15h).
Aldeia Jabuticaba
Diversão e brincadeiras esperam pela criançada na última edição do programa “Uma tarde no Museu”. A partir das 14h30, o Museu das Minas e do Metal recebe a Aldeia Jabuticaba, que apresenta ao público o projeto Brinquedos e Brincadeiras. Será uma tarde de muita diversão com variados brinquedos tradicionais que fazem parte da história e da cultura da infância no Brasil e no mundo. Peões, bolas de gude, pipas e cordas estarão disponíveis para as crianças explorarem livremente, com mediação de brincadores. Durante a atividade, ocorrerão também oficinas e a apresentação do espetáculo A menina da Cabeça Quadrada. A atividade é gratuita. O museu fica no prédio rosa da Praça da Liberdade, no Bairro Funcionários, Região Centro-Sul da capital.

Luz sobre a escuridão
O Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado recebe neste sábado, às 20h, o espetáculo de dança Sonhos invisíveis, da artista Renata Mara. Baseada em biografias, a peça aborda particularidades do mundo de pessoas cegas ou com baixa visão. Com entrada gratuita, a peça usa coletânea de áudios de sonhos de pessoas com deficiência visual. O trabalho aborda diversidade e o enredo inspira a sociedade a ver o que não pode mais ficar invisível. O teatro fica na Rua Leonil Prata, s/n, Bairro Alípio de Melo, Região Noroeste da capital.

Ao som das Gerais
Valorizar os compositores mineiros, músicos, artistas e produtores é importante e, para isso, eles organizaram a 11ª edição do Encontro Minas na Música Popular Brasileira (MPB), no Salão Ouro Preto, no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte. Neste sábado, as atrações começam às 20h30. O público vai curtir o som de Nildon Senna, Laura Catarina, Leonardo Barreto, Maurício Tizumba, Serginho, Beagá e Bell Mattos. Para retirar o ingresso, é preciso doar um quilo de alimento não perecível e entregar no local do evento. A arrecadação será destinada ao Mesa Brasil do Sesc de Minas Gerais.

E amanhã, também


Negritude e resistência
A trajetória da população negra de BH é tema da roda de conversa “Dos que chegam e dos que ficam: migrações e resistências”, promovida às 10h30 no Memorial Vale. O bate-papo integra o evento Patrimônio, cidade e negritude, e terá como foco a interface entre aspectos étnicos e representações de memória mobilizadas pela produção de patrimônio cultural, artístico e histórico na cidade. A mesa será composta por Natália Alves, integrante do Coletivo Terra Preta, que edita o podcast “Des-Embranquecendo a Cidade”, pelo educador do Memorial Vale, Angelo Dias, que falará sobre o projeto Africanidades do Memorial Vale, pela representante do Quilombo Manzo Ngunzo Kaiango, Makota Kidoiale, e pela historiadora Josemeire Alves. O espaço fica na Praça da Liberdade, 640, Bairro Funcionários, Região Centro-Sul de BH.

(foto: Daniel Azevedo/Divulgação - 30/8/19)
(foto: Daniel Azevedo/Divulgação - 30/8/19)

Samba, Mineirinho
A Feira de Artesanato do Mineirinho, um dos principais pontos turísticos de BH, tem programação especial para este fim de ano. No domingo, a festa começa com muito samba, a partir do meio-dia. Uma das atrações será o Magnatas do Samba, que apresenta repertório com clássicos do gênero, além de músicas autorais. A batida continua com o Diga Lá, que preparou um repertório especial e vibrante. Vai ter pagode, axé, pop e muito mais. O grupo espera contagiar a todos com seu som dançante. A entrada e o estacionamento são gratuitos.


* Estagiárias sob supervisão do editor Roney Garcia


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade