Publicidade

Estado de Minas

Operação da Polícia Federal combate extração ilegal de cristais e pedras semipreciosas

Foram cumpridos 10 mandados de prisão preventiva e 22 de busca e apreensão. Pedras abasteciam mercado asiático


postado em 28/11/2019 10:15 / atualizado em 28/11/2019 11:28

(foto: Polícia Federal/Divulgação)
(foto: Polícia Federal/Divulgação)
A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira, uma operação para combater um esquema de extração ilegal de cristais de quartzo e pedras semipreciosas, para abastecimento do mercado asiático.

Ao todo, foram cumprindos 32 mandados judiciais nas cidades de Curvelo e Inimutaba, ambas na Região Central do estado. A ação resultou na prisão preventiva de 10 pessoas, entre elas três estrangeiros. Além das prisões, 22 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

A segunda fase da operação, denominada “Lodo Verde II”, teve como alvo autores de crimes de usurpação de patrimônio da união, contrabando, lavagem de dinheiro e organização criminosa. As investigações tiveram início a partir de informações obtidas em 2012.

A Justiça decretou a apreensão de bens, imóveis e veículos e o bloqueio de contas bancárias e aplicações financeiras dos investigados e de pessoas jurídicas com ligação a alguns deles.

Os presos serão encaminhados para a penitenciária Nelson Hungria. Se condenados, poderão cumprir até 28 anos de reclusão.
 
*Estagiária sob supervisão do subeditor Daniel Seabra


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade