Publicidade

Estado de Minas

Realeza foliã: começam inscrições para a Corte Momesca do carnaval 2020 de BH

Quem quiser ser rei, rainha ou princesa do carnaval têm até 18 de novembro para se cadastrar. Concurso será realizado no dia 1° de dezembro


postado em 07/11/2019 10:05 / atualizado em 07/11/2019 10:55

(foto: Ricardo Laf/PBH/Divulgação)
(foto: Ricardo Laf/PBH/Divulgação)
Estão abertas as inscrições para o concurso que vai eleger a realeza do carnaval 2020 de Belo Horizonte. Até 18 de novembro, candidatos a Rei Momo, Rainha e Princesa da Corte Momesca podem se inscrever gratuitamente, em dias úteis, na sede da Belotur.
 
De acordo com a Belotour, os interessados em fazer parte da Corte Momesca precisam ser brasileiros, residentes em Belo Horizonte, ter no mínimo 18 anos e primeiro grau completo. Além disso, precisam ser amantes do samba e da folia carnavalesca. Não poderão participar os ganhadores do concurso entre os anos de 2017 e 2019, bem como pessoas que tenham vínculo com qualquer órgão da administração direta ou indireta da Prefeitura de Belo Horizonte.
 
A eleição acontece em 1º de dezembro, em local ainda a ser definido. A premiação para Rei e Rainha eleitos é de R$ 12 mil . Para a Princesa eleita, R$ 9 mil.

Os integrantes da Corte Momesca terão uma agenda intensa até o fim do período carnavalesco na cidade. Rei, rainha e princesa também ficarão à disposição para realizar até 15 apresentações durante o ano.
 
A sede da Belotur fica na Rua da Bahia, número 888, 7º andar, Centro, e o atendimento é feito das 10h às 14h e de 15h às 18h. Confira os regulamentos para inscrição do Rei Momo e da Rainha e Princesa da Corte Real Momesca do carnaval de Belo Horizonte 2020. 

Saiba mais

Os candidatos serão julgados por uma comissão formada por cinco jurados indicados pela Belotur. Serão avaliados os seguintes quesitos: comunicação, simpatia e espírito carnavalesco; samba no pé; desembaraço, sociabilidade, facilidade de expressão e elegância.

Vale ressaltar que a premiação para a Corte Momesca, assim como todo o orçamento do carnaval de Belo Horizonte 2020, é proveniente de investimento privado, captado por meio de Edital de Patrocínio. 

No ato da inscrição, os candidatos deverão apresentar cópias, acompanhadas dos originais, dos seguintes documentos: carteira de identidade; CPF; comprovante de residência; certificado ou declaração de escolaridade; número de inscrição no INSS/PIS, PASEP ou NIT; atestado de bons antecedentes; atestado médico de aptidão física, atestando ótimas condições de saúde; e declaração, de próprio punho, informando não ser servidor público e não possuir vínculo com qualquer órgão da administração direta ou indireta da Prefeitura de Belo Horizonte.


Publicidade