Publicidade

Estado de Minas

Morador de rua é assassinado com golpes na cabeça em Venda Nova

Corpo foi encontrado em lote abandonado onde ele costumava ficar. Câmeras de segurança podem ajudar a encontrar o responsável pelo homicídio


postado em 07/10/2019 11:38 / atualizado em 07/10/2019 11:48

Corpo da vítima foi achado em lote vago próximo ao cruzamento com a Avenida Vilarinho(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Corpo da vítima foi achado em lote vago próximo ao cruzamento com a Avenida Vilarinho (foto: Reprodução da internet/Google Maps)


Um morador de rua que teria aproximadamente 60 anos foi assassinado no Bairro Venda Nova, região de mesmo nome, em Belo Horizonte. O corpo dele foi encontrado na madrugada desta segunda-feira em um lote vago na Rua Delnize Souto Mayor, próximo ao cruzamento com a Avenida Vilarinho, a principal da região. 

Uma testemunha que estava em um bar da região disse que por volta das 22h de domingo, um andarilho foi ao estabelecimento e disse a todos que a vítima, conhecida como Dunga, tinha sido morta com uma paulada na cabeça. 

Segundo a Polícia Militar (PM),  como conhecia a vítima, essa pessoa foi até o local onde o morador de rua ficava para saber se era verdade. Dunga frequentava um lote onde há uma casa abandonada. Chegando lá, a testemunha preferiu chamar a PM.

Os policiais entraram no imóvel e encontraram o corpo da vítima com sinais de golpes na cabeça. A perícia e uma equipe de investigações de homicídios esteve no local. 

Nenhum documento da vítima foi encontrado. A testemunha disse aos policias que o primeiro nome de Dunga seria Fábio Júnior. Ele era magro, tinha cabelos e barbas grisalhos e estava usando uma calça cinza e uma blusa da mesma cor, mas com listras vermelhas. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML). Ainda segundo a polícia, câmeras de segurança de um imóvel próximo podem ajudar a localizar o  responsável pelo crime. O caso foi encaminhado à 3ª Delegacia de Homicídios de Venda Nova.


Publicidade