Publicidade

Estado de Minas

Jovens alcoolizados que provocaram tragédia com quatro mortes na BR-365 são presos

Os dois homens estavam em um carro que saiu de uma estrada vicinal e entrou na rodovia. O veículo acabou atingido por um ônibus, que depois bateu de frente com uma carreta


postado em 30/09/2019 18:57 / atualizado em 30/09/2019 19:07

Grave acidente envolveu um carro, um ônibus e uma carreta(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Grave acidente envolveu um carro, um ônibus e uma carreta (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)

A Polícia Civil ratificou a prisão em flagrante de dois jovens apontados como os responsáveis pela tragédia na BR-365, entre Patos de Minas e Patrocínio, no Alto Paranaíba. O acidente entre o carro, onde estavam os dois homens, um ônibus e uma carreta, aconteceu na noite desse domingo e deixou quatro mortos. Outras 27 pessoas ficaram feridas. A dupla, que passou pelo teste do bafômetro e o resultado foi positivo para o uso de bebidas alcoólicas, vai responder por homicídio culposo – quando não há intenção de matar – por fugir do local do acidente sem prestar socorro às vítimas, e por dirigir sob influência de álcool.

O acidente aconteceu por volta das 19h, e, segundo informaram testemunhas à polícia, foi provocado pelo motorista de um New Fiesta. O veículo saiu de uma estrada vicinal e entrou na rodovia sem observar a aproximação do ônibus. O condutor do coletivo não conseguiu desviar e bateu no carro.

Em seguida, o veículo foi para a contramão e atingiu de frente uma carreta. Com o impacto da batida, o ônibus e o veículo de carga pegaram fogo. No local, três pessoas morreram, sendo o condutor da carreta e dois passageiros do coletivo. Uma quarta pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu ao dar entrada no hospital.

Os dois ocupantes do Fiesta fugiram, mas acabaram detidos por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no posto da corporação, na BR-365. O veículo estava com a frente destruída por causa do acidente. Os dois jovens estavam alcoolizados. Segundo a PRF, o ocupante que estava no banco do passageiro, quando foi abordado pelos agentes, era quem dirigia o carro no momento do acidente. Após a batida, a suspeita é que ele tenha trocado de lugar com o outro jovem.

Veículos pegaram fogo depois da forte batida(foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)
Veículos pegaram fogo depois da forte batida (foto: Polícia Militar (PM) / Divulgação)


Os nomes dos dois homens não foram divulgados. Segundo a Polícia Civil, um deles foi autuado por homicídio culposo, por não prestar socorro às vítimas, e por fugir do local do acidente. O outro, além dos últimos dois crimes, também vai responder por embriaguez ao volante. Eles tiveram a prisão em flagrante ratificada e foram encaminhados para uma unidade do sistema prisional.

Feridos internados


O ônibus, da empresa Gontijo, que se envolveu no acidente, seguia de Campo Grande (MS) em direção a Pernambuco. Ficaram feridas 27 pessoas. Elas foram socorridas por viaturas do Corpo de Bombeiros, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e de ambulâncias da Prefeitura de Patos de Minas. As vítimas foram levadas para o Hospital Regional de Antônio Dias.

De acordo com a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), responsável pela unidade de saúde, deram entrada 24 pessoas feridas no acidente. Uma delas morreu. Outras sete seguem internadas com o quadro estável. Até a tarde desta segunda-feira, 16 pacientes já tinham recebido alta.


Publicidade