Publicidade

Estado de Minas

Ação em BH vai mostrar como está a mobilidade urbana na cidade; veja como

Os resultados serão importantes para propor soluções de melhoria para os diversos modos de transporte da cidade


postado em 24/09/2019 19:12 / atualizado em 24/09/2019 22:52

Evento reuniu dezenas de pessoas nesta terça-feira(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Evento reuniu dezenas de pessoas nesta terça-feira (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)

Começou na noite desta terça-feira mais uma edição do Desafio Intermodal 2019. Grupo deu partida da Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, pontualmente às 18h30.

Trata-se de uma ação da BH em Ciclo, onde vários modais de transporte partem de um ponto da cidade até outro ponto no horário de pico. Nesta edição, o grupo saiu da Praça da Liberdade e segue o percurso até o Minas Shopping, na Região Nordeste da capital mineira.

Os dados produzidos pelo Desafio Intermodal ajudam a associação de ciclistas a mostrar como está a mobilidade urbana em Belo Horizonte e, a partir daí, propor soluções de melhoria para os diversos modos de transporte da cidade.

Os modais garantidos no desafio deste ano são: a pé, bicicleta fixa, bicicleta urbana, elétrica, carro, moto, ônibus, cadeirante + ônibus, metrô, bicicleta compartilhada mais metrô, metrô, correndo, aplicativo de carro, taxi, carro particular.

De acordo com a BH em Ciclo, não trata-se de uma corrida. E a classificação é medida por tempo de deslocamento e eficiência ambiental na redução de emissão de C02.

Regras do Desafio Intermodal


- Os ponto de saída e ponto de chegada, bem como o horário de partida devem foram definidos e informados a todos os participantes;
- Os participantes chegam com pelo menos meia hora de antecedência ao ponto de saída;

- Todos os participantes sairão do ponto de saída no mesmo instante (horário de partida);
- Há um fiscal no ponto de saída e outro no ponto de chegada, os quais sincronizarão os tempos antes do início do desafio;
- O fiscal do ponto de saída relembrará as regras aos participantes e autorizará a saída exatamente no horário de partida estipulado após realizar contagem regressiva;
- Os participantes deverão conhecer e respeitar o código de trânsito durante todo o percurso de acordo com as especificidades de seus modos e levar em consideração a forma como se locomovem cotidianamente;
- Os participantes escolhem seus percursos por conta própria, da forma que mais lhe for conveniente;
- Os participantes realizam o percurso na velocidade que normalmente o fariam no cotidiano, não podendo realizar deslocamentos propositais com o intuito de aumentar ou diminuir o seu tempo a fim de favorecer o seu ou outro modo;
- Os fiscais devem coletar a avaliação do percurso feito pelos participantes assim que estes alcancem o ponto de chegada.


Publicidade