Publicidade

Estado de Minas

Motorista é preso em flagrante por dirigir embriagado e quase atropelar estudantes

Alunas de escola em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, se assustaram e chamaram a polícia


postado em 19/09/2019 17:30 / atualizado em 19/09/2019 17:52

Motorista oferecia perigo a pedestres próximo à Escola Estadual Professor Guerino Casassanta(foto: Reprodução/Google Street View)
Motorista oferecia perigo a pedestres próximo à Escola Estadual Professor Guerino Casassanta (foto: Reprodução/Google Street View)

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira por dirigir embriagado e quase atropelar estudantes em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Duas jovens relataram à Polícia Militar (PM) que estavam indo para a escola, quando o homem jogou o carro na direção delas. As estudantes ficaram com medo de ser atropeladas e, ao chegarem na escola, contaram o que havia acontecido. 

A direção do colégio chamou a polícia, pois o homem, de aproximadamente 40 anos, continuava rodeando a Escola Estadual Professor Guerino Casassanta e oferecendo perigo aos alunos e pedestres.

A PM chegou ao local e abordou o motorista. De acordo com os policiais, ele apresentava todos os indícios de que estava alcoolizado. Além disso, não tinha habilitação e o documento do carro estava com pagamento atrasado.

Os policiais contaram que, durante a abordagem, o condutor se negava a obedecer as ordens, e, por estar embriagado, acabou caindo no chão e se machucando. Ele foi encaminhado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Justinópolis.

Durante o teste de bafômetro, o nível de álcool constatado foi de 1,16 miligrama. O limite tolerado para que não se caracterize infração de trânsito é de 0,04 miligrama de álcool por litro. A partir de 0,05 miligrama, a infração é considerada gravíssima.

O motorista foi preso em flagrante. Segundo a PM, ele já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas. A ocorrência foi encerrada na 10ª Delegacia de Plantão de Justinópolis.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade