Publicidade

Estado de Minas

Vereador é preso por suspeita de envolvimento em homicídio

Alexsandro Alves de Jesus (PP) foi detido temporariamente por 30 dias, juntamente ao Diogo Rodrigues Mendes, de 22 anos


postado em 10/09/2019 17:13


O vereador Alexsandro Alves de Jesus (PP), de 41 anos, de Mirabela, no Norte de Minas, foi preso pela suspeita de envolvimento em um homicídio, ocorrido no município em 2016. Alexsandro foi detido temporariamente por 30 dias, juntamente ao Diogo Rodrigues Mendes, de 22 anos. As prisões ocorreram nessa segunda-feira.

Os dois são suspeitos de envolvimento no assassinato do caseiro Alexandre Pereira Barbosa, de 37 anos. O corpo de Alexandre foi encontrado em matagal, às margens da BR 135, perto de uma fazenda onde ele trabalhava, no dia 6 de junho de 2016. O corpo apresenta marcas de tiros, sendo que a vítima havia desaparecido um dia antes.

A prisão foi decretada pelo juiz do Tribunal do Júri de Montes Claros, Geraldo Andersen de Quadros Fernandes. O delegado responsável pelo caso, Giovani Siervi, disse que a detenção dos suspeitos foi solicitada com o objetivo de aprofundar as investigações.

O delegado disse que ainda não tem detalhes da suposta participação do vereador Alexsandro e Diogo no homicídio. “Vamos investigar exatamente como se deu o envolvimento deles no crime”, afirmou o delegado, ressaltando que também será averiguada o que motivou o assassinato do caseiro. Os dois suspeitos estão recolhidos no Presídio Regional de Montes Claros.

Na tarde desta terça-feira, a reportagem tentou, mas não conseguiu falar com o advogado Arlei Freire, que defende o vereador, para ouvir sua versão. A reportagem também não conseguiu contato com a presidência da Câmara de Vereadores de Mirabela.



Publicidade