Publicidade

Estado de Minas

Irmãos de 12 e 13 anos são apreendidos suspeitos de furtar escola em Mirabela

Eles foram entregues à polícia pela mãe, que descobriu que os filhos haviam furtado um notebook. Escola foi vandalizada na segunda-feira e autores chegaram a promover até um churrasco na laje da instituição


postado em 04/09/2019 12:54 / atualizado em 04/09/2019 14:44

Com a ajuda dos moradores e dos servidores da instituição de ensino, foi realizado um mutirão de limpeza na escola(foto: Telma Ramos/Divulgação)
Com a ajuda dos moradores e dos servidores da instituição de ensino, foi realizado um mutirão de limpeza na escola (foto: Telma Ramos/Divulgação)

Foram apreendidos pela Polícia Militar (PM) dois irmãos, de 12 e 13 anos, suspeitos de terem invadido a Escola Municipal Eva Ruas, no município de Mirabela, no Norte de Minas, que foi alvo de vandalismo segunda-feira (2). Com eles, foi apreendido um computador portátil (notebook), que tinha sido furtado na escola. Os suspeitos são ex-alunos do educandário. 

Os dois adolescentes foram entregues à polícia pela própria mãe. A mulher, que é doméstica, achou estranho quando os dois filhos chegaram em casa com o notebook. Questionados, eles revelaram o furto para a mãe, que decidiu levar os menores até o quartel da Policia Militar da cidade, na noite de terça-feira.  A mãe pediu desculpas pela atitude dos adolescentes, que foram encaminhados para a Promotoria da Infância e da Adolescência de Montes Claros.

De acordo com a PM, os suspeitos revelaram que entraram na Escola Eva Ruas passando por uma janela. Ainda conforme o boletim de ocorrências, eles confessaram o furto do notebook, mas não informaram nada a respeito dos atos de vandalismo dentro da instituição, que tem 240 alunos das séries iniciais ao quinto ano do ensino fundamental. 

Com a ajuda dos moradores e dos servidores da instituição de ensino, foi realizado um mutirão de limpeza na escola(foto: Telma Ramos/Divulgação)
Com a ajuda dos moradores e dos servidores da instituição de ensino, foi realizado um mutirão de limpeza na escola (foto: Telma Ramos/Divulgação)
A instituição municipal de ensino ficou em um estado de destruição, com portas e vidros das janelas quebrados, computadores danificados e alimentos jogados no chão. Os autores chegaram a promover até um churrasco na laje da instituição. 

De acordo com a diretora da Escola Eva Ruas, Telma Ramos, os atos de vandalismo causaram prejuízos de quase R$ 18 mil ao educandário, que tinha recebido uma reforma, orçada em R$ 8 mil e executada com apoio da comunidade. 

Também com  a ajuda dos moradores e dos servidores da instituição de ensino, na  manhã desta quarta-feira foi realizado  um mutirão de limpeza na escola, onde não houve aulas nos últimos dois dias por causa do vandalismo. A Prefeitura de Mirabela anunciou que está providenciando a licitação para a compra de câmeras de segurança destinadas à proteção das escolas municipais da cidade.


Publicidade