Publicidade

Estado de Minas

Motorista inabilitado bate carro e filha de 3 anos se fere em Venda Nova

Segundo a polícia, homem ainda tinha sinais de embriaguez e transportava a criança fora da cadeirinha. Ao entrar em cruzamento, ele bateu em ônibus e duas motos


postado em 24/08/2019 09:33 / atualizado em 24/08/2019 09:45

Cruzamento onde o acidente ocorreu na noite passada(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Cruzamento onde o acidente ocorreu na noite passada (foto: Reprodução da internet/Google Maps)


Uma criança de apenas três anos ficou gravemente ferida em um acidente de trânsito no Bairro Jardim Leblon, na Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, na noite desta sexta-feira. Segundo a Polícia Militar, o pai da criança, que provocou a batida, é inabilitado, tinha sinais de embriaguez e transportava a garota fora da cadeirinha.

De acordo com o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu por volta das 19h30 de ontem. Ruan Victor Miranda Martins, de 25 anos, dirigia um Fiat Ideia quando ignorou uma placa de pare no cruzamento da Rua Cônego Trindade, esquina com a Rua São Sebastião do Maranhão. Segundo o motorista de um ônibus que seguia pela Cônego Trindade, o carro menor acertou o coletivo e em seguida bateu em duas motos da PM que estavam estacionadas.

Ruan disse que estava fugindo de um Gol prata que o perseguia e que não se recordava do acidente. Ele apresentava sinais de ter ingerido bebida alcoólica e se recusou a soprar o bafômetro. Os militares responsáveis pelas motos disseram que tinham acabado de fazer uma abordagem e permaneceram em um ponto base da Rua Cônego Trindade quando as motocicletas foram atingidas. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e socorreu a criança de três anos, que era transportada fora da cadeirinha, em estado gravíssimo com perfuração no pulmão e traumatismo craniano. O pai dela foi levado ao Hospital João XXIII, mas permaneceu sob escolta policial na unidade de saúde. Foram lavradas três autuações pela recusa do teste do bafômetro, pelo transporte da criança fora da cadeirinha e pela inabilitação do condutor.


Publicidade