Publicidade

Estado de Minas

Adolescente tenta furtar celular na porta de escola e se dá mal

Garoto de 15 anos retirou aparelho das mãos de um aluno, saiu em disparada, mas acabou detido


postado em 22/08/2019 13:04

Autor do furto foi levado para a Delegacia de Menores(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
Autor do furto foi levado para a Delegacia de Menores (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)

A ação rápida de seguranças do Colégio Santo Antônio, no Bairro Funcionários, Região Centro-Sul da capital, impediu o furto de um celular, no início da tarde desta quinta-feira. Acompanhado da mãe, o estudante J.T.A., de 14 anos, saia falando ao aparelho, quando um menor em situação de rua, S.J.T., de 15, passou correndo, arrancou o celular e saiu em disparada.

A vítima começou a gritar, alertando dois seguranças da escola, que começaram a correr atrás do assaltante. Ao perceber a correria, o servente de pedreiro Hércules Antônio, de 55, ajudou a cercar o menor, que acabou detido na esquina das ruas Paraíba e Santa Rita Durão, a um quarteirão e meio de distância do colégio.

A PM foi acionada e o autor do furto foi levado para a Delegacia de Menores, onde seria ouvido. O celular foi devolvido a seu dono.

Adolescente de 15 anos foi abordado por seguranças(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
Adolescente de 15 anos foi abordado por seguranças (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)


Publicidade