Publicidade

Estado de Minas

Após denúncia de ameaça, PM apreende armas em acampamento cigano

Duas pistolas calibre 380 foram apreendidas. Suspeitos disseram que pretendiam apenas 'intimidar' rapaz que tinha dívida com eles


postado em 21/08/2019 10:38

(foto: TV Alterosa/Divulgação)
(foto: TV Alterosa/Divulgação)

 
A Polícia Militar organizou um cerco na manhã desta quarta-feira em um acampamento cigano no Bairro Céu Azul, na Região Norte de BH. A ação foi realizada após a circulação de um vídeo nas redes sociais revelando que havia armas no local. Também foram feitas denúncias de que os a suspeitos, Gilberto Damaral, líder do acampamento, e seu filho, Felipe Damaral, estariam ameaçando moradores da região.

A operação também tinha a intenção de cumprir 12 mandados de busca e apreensão contra pessoas ligadas ao tráfico de drogas. Com apoio de dois cães farejadores, 76 militares fizeram buscas em barracas do acampamento e na residência dos suspeitos, mas não encontraram nenhum tipo de entorpecente. Foram apreendidas duas pistolas calibre 380 e cerca de R$ 3 mil em dinheiro.

Gilberto e Felipe afirmaram aos militares que as armas eram utilizadas apenas para proteção. Eles também disseram ter feito o vídeo com as armas para intimidar um outro cigano que morava no acampamento. Eles teriam vendido um carro para o homem, que não pagou a dívida.

Os suspeitos foram levados para a 4ª Central de Flagrantes da Polícia Civil (CEFLAN) no Bairro Alípio de Melo, Região Noroeste da capital, onde seriam ouvidos. 

*Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


Publicidade