Publicidade

Estado de Minas

Pais são suspeitos de espancar bebê no Sul de Minas

Criança deu entrada em hospital com as duas pernas e um dos braços quebrados, além de marcas de mordidas. Segundo a PM, pai confessou que já agrediu o filho


postado em 20/08/2019 12:02 / atualizado em 20/08/2019 12:13

Braço do bebê foi quebrado em três lugares(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Braço do bebê foi quebrado em três lugares (foto: Polícia Militar/Divulgação)

Um homem de 26 anos e a esposa dele, de 19, foram presos em Carmo de Minas, no Sul do estado. Eles são suspeitos de espancar o próprio filho, um bebê de apenas 6 meses. O crime foi descoberto na noite dessa segunda-feira.

Segundo a Polícia Militar (PM), o bebê deu entrada no hospital em São Lourenço com um dos braços quebrado em três lugares e as duas pernas quebradas. A equipe médica disse aos policiais que havia marcas de mordidas nos braços, nas pernas e no rostinho do bebê. 

A mãe disse para os policiais que não sabia das lesões e que nunca bateu na criança. Já o pai confessou que agrediu o filho diversas vezes por se sentir estressado. 

Equipe médica notou marcas de mordidas pelo corpo do bebê(foto: Polícia Militar/Divulgação)
Equipe médica notou marcas de mordidas pelo corpo do bebê (foto: Polícia Militar/Divulgação)


O Conselho Tutelar foi acionado e entrou em contato com um parente da criança, que permanece internada sem previsão de alta. 


Publicidade