Publicidade

Estado de Minas

Incêndio de grandes proporções ameaça área protegida da Serra do Mel, em Montes Claros

Bombeiros, brigadistas e moradores estão mobilizados no combate ao incêndio desde a manhã de quarta-feira (15)


postado em 15/08/2019 08:34 / atualizado em 15/08/2019 08:59

(foto: Corpo de Bombeiros/divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros/divulgação)

Equipes do  Corpo de Bombeiros , com o apoio de moradores e brigadistas, tentam controlar um incêndio florestal,  de causa ainda não identificada, perto da área urbana de Montes Claros, no Norte de Minas. 

O fogo foi iniciado por volta das 10h30m de quarta-feira (15), às margens da BR-365 (estrada Montes Claros/Pirapora),  junto à chamada “Ponte Branca”e próximo à região do Rio Carrapato. Segundo moradores, até o final da noite de quarta, tinham sido queimados de 30 a 35 hectares de matas e pastagem, e afetando áreas particulares. O grande esforço das equipes  é evitar que o fogo avance em  direção à área protegida da Serra do Mel. 

Na manhã desta quinta-feira, o comandante do 7º Batalhão de Bombeiros de Montes Claros, major Darlan Moreira Soares, realiza um sobrevôo na região para avaliação da dimensão do incêndio. Também é verificada a necessidade do pedido de reforço das ações de combate.

(foto: Corpo de Bombeiros/divulgação)
(foto: Corpo de Bombeiros/divulgação)

Atuam no combate ao incêndio 30 homens do Corpo de Bombeiros, com o apoio de brigadistas do Instituto Estadual de Florestas (IEF), do Parque Estadual da Lapa Grande  e da Copasa, além de moradores. Além de um  caminhão de combate a incêndios do  do Corpo de Bombeiros e de um caminhão-pipa da Copasa, estão sendo usados materiais como abafadores, bombas costais de lançamento de água, roçadeiras, enxadas e outras ferramentas. 

A vegetação seca potencializa a propagação das chamas. O terreno acidentado nas proximidades da “Ponte Branca” dificultou o trabalho dos bombeiros e brigadistas. O combate foi interrompido no início da noite de quarta e reiniciado às 5h30min desta quinta. 

Deacordo com o Corpo de Bombeiros,  ainda na tarde de quarta-feira, a linha de fogo que  fogo que avançava do lado direito da BR 365, em direção à Serra do Mel,com cerca de 1 mil metros de extensão, foi debelada.  No entanto,    as chamas ciontinuaram avançando  na margem esquerda da rodovia,  onde as equipes intensificam as ações de combate.


Publicidade