Publicidade

Estado de Minas

Morre homem que foi esfaqueado por negar dinheiro a jovem

Caso ocorreu no último domingo. Leandro Dias Lacerda, de 37 anos, estava internado no CTI em estado gravíssimo


postado em 13/08/2019 14:47 / atualizado em 13/08/2019 17:19

Reprodução(foto: À esquerda, o agressor, de boné preto e branco. A vítima está à direita, com blusa vermelha)
Reprodução (foto: À esquerda, o agressor, de boné preto e branco. A vítima está à direita, com blusa vermelha)

O homem que foi esfaqueado após negar dinheiro a um jovem no último domingo morreu. A morte foi confirmada pelo Hospital Municipal de Contagem, onde Leandro Dias Lacerda, de 37 anos, estava internado. Segundo o hospital, a vítima sofreu ferimentos gravíssimos, passou por cirurgia e estava no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI). 

A agressão ocorreu em um posto de combustíveis, localizado no Bairro Amazonas, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), o suspeito de ter agredido o homem é Arthur Amaral Cunha, de 21 anos, após uma discussão por dinheiro. 
 
Um policial militar que estava a caminho do trabalho percebeu o tumulto no posto, na Rua Alvarenga Peixoto, e parou para verificar o que estava acontecendo. Segundo informações de testemunhas, Arthur abordou algumas pessoas que estavam conversando dentro da loja de conveniências para pedir dinheiro. 

 

Conforme o tenente Lemos, da Polícia Militar de Minas Gerais, Leandro Dias negou dar dinheiro ao jovem que, em seguida, resolveu pedir a uma mulher que também estava no local. "Neste momento a vítima teria dito que ninguém emprestasse dinheiro ao jovem, porque ele iria usar para comprar drogas. Os dois começaram a discutir, quando Augusto teria sacado um canivete e agredido Leandro duas vezes, na axila e no abdômen", afirma o tenente. 
 
Após o crime, o suspeito tentou fugir a pé, mas foi abordado e preso pelo policial militar que passava pelo local. Um motorista de aplicativo que estava no posto de combustíveis prestou socorro à vítima, que foi encaminhada ao Hospital Municipal de Contagem. Imagens de câmeras de segurança foram coletadas e devem ser entregues à Polícia Civil do estado.

A Polícia Civil informou que, no dia da ocorrência, Arthur Amaral Cunha, de 21 anos, foi autuado em flagrante na Delegacia de Plantão de Contagem, inicialmente por lesão corporal. Com a denúncia do óbito, as investigações vão continuar para verificar se há o crime de lesão corporal seguida de morte.


Publicidade