Publicidade

Estado de Minas

Postes do Viaduto Santa Tereza ganham cada vez mais forma; veja imagem

Na última semana, as bases dos postes já tinha sido instaladas. Agora, uma haste que cobre quase toda a estrutura já foi colocada


postado em 13/08/2019 14:44 / atualizado em 13/08/2019 14:50

Postes estão sendo recolocados no viaduto depois de restaurados(foto: Fred Bottrell/EM/D.A.Press)
Postes estão sendo recolocados no viaduto depois de restaurados (foto: Fred Bottrell/EM/D.A.Press)

Eles deixaram saudades, mas aos poucos estão de volta para iluminar e embelezar um dos pontos mais conhecidos de Belo Horizonte. Depois de 10 meses em restauração, os postes com luminárias do estilo republicano ganham cada vez mais forma no Viaduto Santa Tereza,  elevado que liga o Centro de Belo Horizonte ao Bairro Floresta. Nos próximos dias, a estrutura volta com suas características originais da décade de 1920.

O processo de restauração dos 37 postes com 74 luminárias é feita pela  Belo Horizonte Iluminação Pública (BHIP), concessionária responsável pela modernização da iluminação da cidade. Na última semana, as bases dos postes já tinha sido instaladas. Agora, uma haste que cobre quase toda a estrutura já foi colocada. Assim, como os suportes para a colocação das lâmpadas.

(foto: O Cruzeiro/Arquivo EM/1954)
(foto: O Cruzeiro/Arquivo EM/1954)


Os postes foram retirados em outubro do ano passado e lâmpadas provisórias de LED colocadas no lugar. O Viaduto Santa Tereza é um dos 13 pontos previstos no contrato da BHIP que receberão iluminação de destaque, realçando suas características históricas. O trabalho é feito no período noturno, em razão da necessidade de usar guinchos para içar as peças, que são de ferro fundido e, por isso, bastante pesadas.

A restauração manteve a originalidade das peças, desde os vincos trabalhados a mão até a pintura em vermelho sólido. O sistema de alimentação de energia também foi reconstituído, com nova fiação totalmente embutida no viaduto. O objetivo foi eliminar interferências visuais e valorizar a beleza do pontilhão. As luminárias do estilo neoclássico vão receber lâmpadas de vapor metálico, com tonalidade amarela, se aproximando do projeto original.

Patrimônio de BH


Projetado pelo engenheiro Emílio Baumgart, o Viaduto Santa Tereza foi construído em 1929, tem 390 metros de extensão e foi um dos primeiros do país a usar estrutura em concreto armado. Ele foi pensado para ligar o Centro da capital aos bairros Floresta e Santa Tereza. O conjunto da Praça Estação que contempla o elevado, foi reconhecido como patrimônio cultural em 1988 pelo Estado de Minas Gerais e pelo Conselho Deliberativo do Patri­mônio Cultural do Município de Belo Horizonte. Além do grande fluxo diário de pedestres e veículos, o viaduto é palco de diversas apresentações artísticas, exposições e shows.


Publicidade