Publicidade

Estado de Minas

Polícia Civil apreende 400 Kg de maconha em Betim, na Grande BH

Dois suspeitos foram presos em flagrante por tráfico de drogas; entorpecente veio do Mato Grosso do Sul


postado em 24/07/2019 19:49 / atualizado em 24/07/2019 22:22

(foto: PCMG/Divulgação)
(foto: PCMG/Divulgação)


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apreendeu, nesta terça-feira (23), 400 Kg de maconha em galpão situado Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Dois homens foram presos em flagrante, suspeitos de tráfico: Felipe Estevan Ribeiro, de 20 anos, e Gilson Alves de Souza, de 49.

Distribuída em 396 tabletes, a droga estava escondida dentro de um caminhão com placa de Campo Grande (MS). Segundo a corporação, o carregamento de maconha vinha do Mato Grosso do Sul e seria distribuído por traficantes na região de Betim. 

De acordo com o delegado responsável pela operação, Rafael Horácio, Felipe era investigado desde abril por receptação de mercadoria roubada. O galpão em que ele foi preso já estava no radar da polícia como armazém de produtos de furto, estelionato e contrabando. “Com a morte de um outro receptador que integrava o grupo, os investigadores se aprofundaram nas diligências e verificaram que, nesse período de férias escolares, o galpão receberia um carregamento grande de maconha”, diz o delegado. 

As investigações revelam que o transporte dos tóxicos levou quase um mês, já que parte da mercadoria foi revendida pelo caminho. Para despistar a polícia, os bandidos tentaram simular um frete.

O galpão funcionaria como uma espécie de centro de distribuição da droga para traficantes de Betim e região. Felipe é apontado como adminsitrador do local. Sem passagem pela polícia, Gilson era o motorista do caminhão. Ele diz não ter conhecimento da droga encontrada no veículo. A polícia investiga outros envolvidos no crime. 


Publicidade