Publicidade

Estado de Minas

Agentes penitenciários apreendem 20 celulares que seriam jogados para dentro de presídio em Minas

Além dos aparelhos, fones de ouvido, chips, maconha, serras e brocas de furadeira estão entre os materiais apreendidos


postado em 20/07/2019 17:18 / atualizado em 20/07/2019 19:31

Material apreendido em Ipaba, no Vale do Aço(foto: Reprodução/WhatsApp)
Material apreendido em Ipaba, no Vale do Aço (foto: Reprodução/WhatsApp)

 

A polícia procura por dois homens que tentaram, na madrugada da última sexta-feira (19), jogar 20 celulares para dentro da Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho, localizada em Ipaba, na Região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais.


Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), além dos aparelhos, os homens tentavam abastecer os detentos com 21 baterias, 15 carregadores, cinco fones de ouvido, 14 chips, seis pedaços de serra, duas brocas de furadeira, um estilingue, uma luva e linhas de anzol. Cerca de 250 gramas de maconha também estavam entre os materiais.


Para jogar os itens para dentro do presídio, a dupla usava linhas de anzol, que içavam os celulares e outros materiais. Os homens foram flagrados por volta das 4h, durante uma ronda feita na muralha do complexo penitenciário.


De acordo com a pasta do governo do estado, ao perceber que foram notados, os dois homens correram. Os agentes correram atrás deles, mas não conseguiram conter a fuga.


Ainda segundo o órgão, parte da equipe de plantão se empenhou nas buscas. Foram encontradas duas sacolas com o material apreendido, além de um celular ainda ligado, provavelmente propriedade de um dos criminosos. Os agentes encaminharam o material apreendido à delegacia de Polícia Civil de Ipaba.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade