Publicidade

Estado de Minas

Feriado termina com 19 mortos nas estradas e uma pessoa presa a cada duas horas por abuso de álcool

Foram contabilizados pela PMMG 143 acidentes com vítimas em 2019 e 88 em 2018. Corporação acredita que os números têm relação com a mistura de bebida alcoólica e direção


postado em 24/06/2019 14:03 / atualizado em 24/06/2019 15:43

Na quinta-feira, motorista alcoolizado invadiu contramão e bateu contra carreta no Triângulo Mineiro(foto: Reprodução/Corpo de Bombeiros)
Na quinta-feira, motorista alcoolizado invadiu contramão e bateu contra carreta no Triângulo Mineiro (foto: Reprodução/Corpo de Bombeiros)
Dezenove pessoas morreram em 249 acidentes nas estradas que cortam Minas Gerais durante o feriado de Corpus Christi. Isso porque a Polícia Militar (PM) contabilizou 143 acidentes com vítimas em 2019 e 17 vítimas fatais. Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que duas pessoas morreram em 106 acidentes nas vias de sua responsabilidade. 

 

Os números preocupam já que, de acordo com a PM, foram 88 acidentes e nove mortos no ano passado. Ou seja, os números quase dobraram em relação a 2018. A PM acredita que o aumento têm relação direta com a mistura de bebida alcoólica e direção por parte dos motoristas, já que na maioria dos acidentes registrados o álcool estava presente. A corporação prendeu uma pessoa a cada 2h por embriaguez no feriado. 

 

Na quinta-feira, a mistura de alcool e volante terminou com um motorista invadindo a contramão e batendo contra uma carreta em Uberaba, na Região do Triângulo Mineiro. Segundo o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, uma caminhonete modelo Fiat Strada colidiu de frente contra o veículo de carga. O motorista admitiu que consumiu bebidas alcoólicas.

Ainda de acordo com os bombeiros, a Polícia Militar compareceu ao local. A PM fez o teste do bafômetro com o motorista e o exame confirmou o consumo de álcool.O homem sofreu um corte na pálpebra do olho esquerdo e se queixava de dores no ombro direito, conforme os militares. Ele foi levado ao Hospital Escola da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM).

PRISÕES As prisões por embriaguez aumentaram de 40 no ano passado para 60 este ano. O teste de etilômetro foi realizado em maior número este ano: 6.337 em 2019 e 4.868 em 2018. As prisões no trânsito e por outros crimes aumentaram de 50 em 2018 para 99 em 2019.  

A PM informou que já tem reuniões marcadas em junho/julho com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e apresentará uma série de propostas para a redução do número de acidentes em pontos de maior incidência.

No total, foram realizadas pela PM 4.621 operações em 2019, superando as 3.340 de 2018. Foram fiscalizados 49.728 veículos, sendo que em 2018 o número foi de 37.542. O número de veículos removidos aumentou 39% de 2018 para 2019: de 309 para 431.

Balanço nas estradas federais

Entretanto, segundo o balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve queda em relação aos registros de 2017. O comparativo com a data é porque no ano passado não houve operação no feriado por causa da greve dos caminhoneiros. Em 2017, a Polícia Rodoviária Federal registrou 148 acidentes nas BRs, que deixaram 150 feridos e quatro mortos.

A corporação ainda flagrou 337 ultrapassagens proibidas. Ainda foram registradas 4.580 multas por excesso de velocidade. Já na fiscalização da Lei Seca, sete pessoas foram presas por misturar álcool e direção. Outras 50 foram autuadas.  


Publicidade