Publicidade

Estado de Minas

'Tenente Souza Guimarães': criminoso usa nome falso de militar para dar golpes em Minas

Um taxista e uma vendedora foram vítimas de um estelionatário do Paraná, que solicitava compras em lotéricas e recargas de celular


postado em 07/06/2019 21:27

(foto: Reprodução/Pixabay)
(foto: Reprodução/Pixabay)

 

Um golpe usando o nome da Polícia Militar (PM) vitimou duas pessoas na cidade de Elói Mendes, na Região Sul de Minas Gerais. Segundo a PM, o estelionatário se apresentava como 'tenente Souza Guimarães' para enganar as pessoas.


De acordo com a corporação, o criminoso ligou para as vítimas com um número do estado do Paraná. Ele solicitava recargas de telefone celular em supermercados e lotéricas.


Durante o golpe, ele dizia que o crédito seria usado no GPS de viaturas adquiridas pela PM. No caso do taxista, as ligações foram atendidas em um ponto de embarque e desembarque, o que dificultou a constatação do DDD paranaense.


Ainda conforme a PM, o motorista desconfiou quando a atendente que vendia os créditos perguntou quem pagaria pela conta. Imediatamente, ele interrompeu a negociação.


A outra vítima, a comerciante, só se deu conta que se tratava de um golpe depois da quarta ligação do estelionatário, segundo a polícia. Ela ficou com prejuízo.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade