Publicidade

Estado de Minas

Dono de farmácias de BH é alvo de operação contra o tráfico de drogas

Segundo a Polícia Civil, comerciante comandava um esquema de tráfico do Mato Grosso do Sul até Belo Horizonte


postado em 06/06/2019 08:53 / atualizado em 06/06/2019 12:57

Nessa quarta-feira, a polícia apreendeu 210 quilos de pasta base de cocaína em Maracaju (MS) como parte das investigações(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Nessa quarta-feira, a polícia apreendeu 210 quilos de pasta base de cocaína em Maracaju (MS) como parte das investigações (foto: Polícia Civil/Divulgação)
O dono de duas farmácias na Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, é um dos alvos de uma operação contra o tráfico interestadual de drogas realizada pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira. A ação, denominada Barões, ocorre em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). 

Ao todo, são cumpridos cinco mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara de Tóxicos de Belo Horizonte. Duas pessoas já haviam sido presas durante as investigações. Além da capital, as buscas são realizadas na Grande BH e no Mato Grosso do Sul. Também foi apreendida uma carga de medicamentos roubados e 1,5 tonelada de maconha. 

“O esquema de tráfico interestadual de drogas ocorria desde o Mato Grosso do Sul até Belo Horizonte, onde os entorpecentes eram distribuídos, especialmente na região de Venda Nova”, informou a Polícia Civil por meio de nota enviada no início da manhã. “Tudo era comandado pelo proprietário de duas drogarias localizadas em Venda Nova. Outros criminosos auxiliavam”, informa a polícia.


Publicidade