Publicidade

Estado de Minas BARÃO DE COCAIS

Velocidade de deslocamento do talude salta para 42,4 centímetros por dia

Em 24 horas, velocidade da dilatação aumentou 9cm/dia. Estrutura da Mina de Gongo Soco coloca em risco Barragem Sul Superior


postado em 02/06/2019 09:09 / atualizado em 02/06/2019 09:13

(foto: TJMG/Divulgação )
(foto: TJMG/Divulgação )

Em novo boletim divulgado na manhã deste domingo (2), a Agência Nacional de Mineração (ANM) informou que a velocidade do deslocamento do talude norte da Mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais (Região Central), aumentou para 42,4 centímetros por dia. A informação foi repassada ao Estado de Minas pelo superintendente de gestão do risco da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec), major Marcos Afonso Pereira.

O dado registrado neste domingo supera o último levantamento, divulgado no sábado, em 9cm/dia. Para efeito de comparação, a velocidade aumentou quase 18cm/dia desde sexta-feira, quando uma placa da estrutura, de 600 metros quadrados, se descolou.

O paredão tem cerca de 96 mil metros quadrados. O temor é que uma queda brusca talude prejudique a estrutura da Barragem Sul Superior, em risco iminente de rompimento desde março.

Segundo o major Marcos Pereira, os trabalhos neste domingo continuam de monitoramento da estrutura. Militares estão de plantão para agir em um eventual desastre.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade