Publicidade

Estado de Minas

Risco de rompimento: MP quer que Vale proteja patrimônio cultural de Barão de Cocais

Barragem Sul Superior da Mina Gongo Soco pode se romper a qualquer momento


postado em 22/05/2019 20:19 / atualizado em 22/05/2019 20:58

Capela do Socorro está na área que seria atingida em caso de rompimento da barragem(foto: Marcos Michelin)
Capela do Socorro está na área que seria atingida em caso de rompimento da barragem (foto: Marcos Michelin)

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG) ajuizou uma Ação Civil Pública na Justiça pedindo que a Vale adote medidas de proteção ao patrimônio Cultural localizado na zona que seria atingida pela inundação em caso de ruptura da barragem Sul Superior, em Barão de Cocais. 


No documento são citadas ações referentes à Igreja de Nossa Senhora Mãe Augusta do Socorro (Capela do Socorro), às festividades de Mãe Augusta do Socorro e ao Cine Rex, localizado em Barão de Cocais.

Ainda são mencionadas a Igreja Matriz de São João Batista, em Barão Cocais, a Igreja Nossa Senhora da Conceição, distrito de Barra Feliz, em Santa Bárbara, e da Igreja do Rosário, em São Gonçalo do Rio Abaixo e o Memorial Affonso Pena, em Santa Bárbara. 

Na ação, o órgão ainda solicita que a minerada informe sobre as previsões em relação à estabilidade da estrutura. Além disso, o MP pediu informações sobre a possibilidade de a população evacuada voltar para suas casas e as medidas adotadas para a segurança do local.

Em 8 de fevereiro, aproximadamente 500 moradores das comunidades de Socorro, Tabuleiro, Piteiras e Vila Congo, situadas em Barão de Cocais, tiveram de deixar suas casas, após constatação de instabilidade na barragem.

O Ministério Público já tinha feito as recomendações à Vale  no mesmo dia da evacuação. No entanto, conforme o órgão, a mineradora teria realizado apenas a retirada de parte do acervo móvel da Capela do Socorro, que foi levado para outra igreja.

O Estado de Minas procurou a Vale e aguarda retorno.

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa


Publicidade