Publicidade

Estado de Minas

'1° GP de Patinetes em BH': entenda como a brincadeira viralizou e mobiliza autoridades

Evento começou em grupo de amigos e teve alcance inesperado. Repercussão mobiliza empresa dos elétricos e prefeitura


postado em 22/05/2019 19:08 / atualizado em 22/05/2019 23:16

(foto: Quinho)
(foto: Quinho)

A febre dos patinetes elétricos está em alta. Um grupo de amigos se reuniu para organizar a 1ª Corrida de Patinetes de Belo Horizonte. O evento está marcado para o próximo domingo, na Savassi, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Os ingressos já estão à venda pelo Sympla e a premiação é bastante divertida: cerveja e torresmo.

O número de interessados surpreendeu os organizadores. Até a publicação desta matéria, dois grupos no Whatsapp já estavam lotados. São 514 pessoas interessadas no evento. O trajeto começa no cruzamento da Avenida do Contorno com Rua Professor Moraes e a chegada será na Avenida Brasil.
 
A ideia é que os perdedores da corrida paguem os prêmios aos ganhadores. O primeiro a chegar deve ganhar três litros de cerveja e uma porção de torresmo. O segundo ganha dois litros de cerveja, e a medalha de bronze é um litro de cerveja. 

Na primeira publicação do evento, havia sido informado que não haviam regras. “Vale tudo! Chutar, furar sinal, pegar rabeta do busão, spray de pimenta, rota própria, dirigir embriagado, uso de entorpecentes etc.”, dizia o anúncio nas redes sociais, que proibia ainda o uso de capacetes, joelheiras e cotoveleiras. Devido à repercussão, algumas horas depois os organizadores afirmaram que as regras são “respeitar as leis existentes e ser feliz na corrida”.

Após o aumento do número de pessoas interessadas, os organizadores, jovens entre 20 e 25 anos que não quiseram ser identificados afirmaram que não irão se responsabilizar pelos possíveis transtornos. “Ao adquirir o ingresso, o comprador afirma ter mais de 18 anos e demonstra estar ciente dos riscos do evento”, afirma o novo texto.

De acordo com a BHTrans, não houve solicitação de fechamento das vias. A Guarda Municipal informou que não foi notificada sobre o evento. Segundo a Prefeitura de Belo Horizonte, o evento não foi licenciado e o responsável pode ser multado por não obter licença para eventos, que deve ser solicitada no BH Resolve. 

Procurada pela reportagem, a Grow – holding responsável pelas empresas Grin e Yellow, que administra os patinetes elétricos – disse ser “veementemente contra essas práticas e repudia o uso de sua imagem e dos seus produtos neste tipo de evento”. A empresa afirmou que vai tomar as devidas providências e já comunicou o site de vendas de ingresso a respeito das irregularidades.

“A Grow aproveita para lembrar que a Grin e a Yellow seguem todas as regulamentações do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) para operar os seus equipamentos (resoluções 375 e 465). A velocidade é uma delas: patinetes podem circular nas calçadas com até 6km/h ou nas ciclovias e ciclofaixas com velocidade máxima de 20km/h. As empresas, por meio de seus termos de uso, orientam que os usuários sigam essa determinação. O pedestre é sempre prioridade, por isso a Grow também orienta que os usuários estacionem os patinetes em um dos pontos privados parceiros ou em qualquer local da área de atuação, contanto que tome cuidado para não atrapalhar o fluxo de pedestres. Denúncias podem ser feitas pelo app (botão reportar problema) ou via redes sociais” diz a nota.
 
Confira algumas dicas da Grow para o uso seguro do patinete elétrico: 
  • Antes de sair, planeje o caminho.
  • Use sempre o capacete bem preso à cabeça e ajustado adequadamente.
  • Não trafegar com mais de 1 pessoa.
  • Idade mínima de 18 anos para locação de equipamentos.
  • Dê sempre preferência ao pedestre. Lembre-se: o pedestre é o mais vulnerável. É obrigação de todos cuidar da sua segurança.
  • Não use celular nem fone de ouvido enquanto conduz a bike ou o patinete. Esteja atento a sua condução.
  • Respeite sempre os semáforos e as sinalizações de trânsito.
  • Jamais conduza a bike ou o patinete se houver ingerido álcool.
  • Segure sempre o guidão com as duas mãos.
  • Esteja atento a irregularidades nas vias, como buracos, bem como galhos e árvores que possam oferecer riscos no seu trajeto.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade