Publicidade

Estado de Minas

Taxistas fazem protesto por desativação de ponto no Centro de Belo Horizonte

Motoristas ocupam duas faixas da Avenida Afonso Pena, gerando bastante transtorno ao trânsito e obrigando BHTrans a desviar linhas de ônibus


postado em 09/05/2019 09:09 / atualizado em 09/05/2019 09:59

Motoristas de táxi fizeram um protesto no Centro de Belo Horizonte na manhã desta quinta-feira. Segundo a BHTrans, o motivo é a desativação de um ponto que estava funcionando na Avenida Afonso Pena em caráter de testes.

Os condutoresocuparam duas faixas de circulação da Afonso Pena entre a Rua dos Tamoios e a Avenida Amazonas. O resultado é uma fila que se estende até a Rua dos Caetés e gera efeito cascata no trânsito do Complexo da Lagoinha, da Avenida Antônio Carlos e da Avenida Cristiano Machado.

Segundo a BHTrans, foi necessário desviar as linhas 5107 (Estação Pampulha/Savassi), 50 (Estação Pampulha/Centro - direta) e 83D (Estação São Gabriel/Centro - direta) para evitar maiores transtornos à população. A Polícia Militar negociou a liberação com os manifestantes e a BHTrans teve que alterar a programação dos semáforos da região para evitar um problema ainda maior.

O protesto foi encerrado às 9h27 e a BHTrans informou que o presidente Célio Bouzada se dispôs a receber os taxistas depois que a via fosse liberada. Ainda segundo a BHTrans, como o ponto de táxi gerou interferência no ponto de ônibus e uma área de embarque e desembarque existente no local, o teste foi desativado. "Os taxistas poderão utilizar o ponto existente no quarteirão seguinte da avenida Afonso Pena, entre ruas Espírito Santo e Tupis", informou a empresa.


Publicidade