Publicidade

Estado de Minas

Batida entre ônibus e caminhão mata jovem na BR-365, Norte de Minas

Coletivo transportava estudantes universitários e caminhão estava carregado com carvão. Batida ocorreu na altura da Marra do Guaicuí, distrito de Várzea da Palma


postado em 03/05/2019 08:51 / atualizado em 03/05/2019 12:13

Ônibus tombou depois da batida(foto: Samu/Divulgação)
Ônibus tombou depois da batida (foto: Samu/Divulgação)
Uma jovem de 26 anos morreu e outras 12 pessoas ficaram feridas na madrugada desta sexta-feira após uma batida entre um ônibus e um caminhão no Km 39 da BR-365, na altura da Barra do Guacuí, distrito de Várzea da Palma, entre Montes Claros e Pirapora, no Norte de Minas. O coletivo transportava estudantes de Várzea da Palma e o caminhão estava carregado de carvão. De acordo com Corpo de Bombeiros de Pirapora que atendeu a ocorrência, os dois veículos envolvidos no acidente seguiam no sentido Montes Claros/Pirapora.


Ainda segundo a corporação, o motorista do ônibus teria tentado ultrapassar o caminhão e acabou perdendo o controle da direção do veículo, que capotou várias vezes na pista. Morreu no acidente a estudante Jaqueline Fernandes da Silva. Com a colisão, a passageira foi arremessada para fora do ônibus e, como o coletivo tombou em seguida, ela foi esmagada pelo veículo.

 

O Corpo de Bombeiros informou também que quatro pessoas tiveram lesões graves e outras oito sofreram ferimentos leves. As vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) e pelos bombeiros. Depois, elas foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Pirapora. De acordo com o Samu, entre as vítimas com ferimentos estão três mulheres, de 19, 20 e 38 anos. Duas tiveram suspeita de trauma na cabeça e outra com fratura na perna direita.

 

O motorista do ônibus também foi atendido, com lesões na face e suspeita de fratura no braço e costela. Um homem que passava pelo local e tentou quebrar a janela para ajudar as pessoas teve um corte no pé e também recebeu cuidados médicos.

 

A batida gerou uma interdição total na BR-365, que se manteve durante a madrugada. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Montes Claros, o trânsito na rodovia foi liberado somente em uma pista às 7h30. A estrada segue interditada parcialmente.

 

O corpo de Jaqueline Fernandes da Silva, inicialmente, foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Pirapora, sendo, em seguida, encaminhado para o IML de Montes Claros, para ser necropsiado. A previsão é que o corpo seja liberado até o final desta sexta-feira para o sepultamento em Várzea da Palma, onda mora a família da vítima.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade