Publicidade

Estado de Minas

Operação em BH apreende mais de 500 celulares nas regiões Norte e Venda Nova

Outras etapas ocorrem no Bairro Alípio de Melo e nas regiões Oeste e Barreiro


postado em 29/04/2019 16:47 / atualizado em 30/04/2019 14:20

Polícia apreendeu 583 celulares nesta segunda-feira(foto: Divulgação/Polícia Militar de Minas Gerais)
Polícia apreendeu 583 celulares nesta segunda-feira (foto: Divulgação/Polícia Militar de Minas Gerais)
Mais uma etapa da operação de combate ao crime de receptação de aparelhos celulares foi desencadeada nesta segunda-feira em Belo Horizonte. Integrantes da Polícia Militar (PM), Ministério Público de Minas Gerais (MPMP), Receita Federal e Polícia Civil, participaram da ação conjunta nas regiões Norte de BH e Venda Nova.

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão em lojas situadas nas áreas do 13º e do 49º Batalhão de Polícia Militar (BPM). De acordo com a primeira Região de Polícia Militar (RPM), nove pessoas foram presas, 583 celulares apreendidos, entre aparelhos produtos de furto ou roubo e de procedência duvidosa e 1032 eletrônicos e acessórios irregulares apreendidos pela Receita Federal.

As outras duas etapas

O primeiro dia da operação ocorreu na última quinta-feira, no Bairro Alípio de Melo, Região Noroeste de BH. Ao todo, 39 celulares e 1521 acessórios de origem duvidosa foram apreendidos. Três homens também foram presos.

No segundo, realizado na última sexta-feira, nas Regiões Oeste e Barreiro, sete pessoas foram presas. Além disso, 712 aparelhos de telefone celular, entre produtos de furto e roubo e de procedência duvidosa, aproximadamente cinco mil acessórios e produtos eletrônicos diversos e dois drones foram apreendidos.

A previsão é que a operação continue na capital mineira. O local de uma possível quarta etapa não foi divulgado pela PM.

* Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade