Publicidade

Estado de Minas

Preso falso policial suspeito de empurrar mulher de janela de prédio de BH

O homem se passava por policial civil para assediar as garotas e obrigá-las a fazer programas sexuais


postado em 16/04/2019 20:49 / atualizado em 16/04/2019 20:53

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu um homem suspeito de ter empurrado uma garota de programa do quarto andar de um prédio do Bairro Jardim América, na Região Oeste de Belo Horizonte. A intenção do acusado seria simular um suicídio, no entanto, a vítima não morreu. A tentativa de homicídio aconteceu em 13 de março.

De acordo com as investigações, o homem se passava por policial civil para assediar as garotas e obrigá-las a fazer programas sexuais. O crime teria sido motivado por uma dívida de R$ 200 que a vítima tinha  com o investigado.   

As investigações ainda demonstraram que, utilizando muita violência, o homem cobrava R$ 50 por noite para que as vítimas da exploração sexual utilizassem o imóvel como ponto de prostituição. 


Publicidade