Publicidade

Estado de Minas

Ex-namorado mata mulher a tesouradas em Extrema, Sul de Minas

Homicídio ocorreu enquanto cabeleireira trabalhava em um salão de beleza. Segundo a PM, os dois eram haitianos


postado em 16/04/2019 17:45 / atualizado em 16/04/2019 18:04

Segundo a PM, crime ocorreu Rua Bragança, na região central de Extrema, Sul de Minas(foto: Google Street View/Reprodução)
Segundo a PM, crime ocorreu Rua Bragança, na região central de Extrema, Sul de Minas (foto: Google Street View/Reprodução)

Uma cabeleireira haitiana de 29 anos foi assassinada com tesouradas na manhã desta terça-feira em Extrema, no Sul de Minas. De acordo com a Polícia Militar (PM), ela foi morta no salão de beleza em que trabalhava, por volta das 9h. O principal suspeito do crime é o ex-companheiro dela, também do Haiti, de 22 anos.

De acordo com a Polícia Militar (MG), o crime ocorreu na Rua Bragança, na região central de Extrema. A vítima, identificada como Marie Daphney Romulus, foi encontrada com pelo menos 20 perfurações no corpo, que teriam sido causadas por golpes de tesoura, encontrada no local do crime.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados por testemunhas, mas quando chegaram ao local a mulher já estava morta. A Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil procuram o suspeito que está foragido e, até esta publicação, ele não havia sido localizado.

Outros desentendimentos

A Polícia Militar informou que a cabeleireira já havia registrado outras duas ocorrências contra o ex. No ano passado, em 15 de agosto, ele teria batido nela e foi detido. Em março deste ano, no dia 2, Marie chamou a polícia porque ele teria agredido a ex-namorada novamente. Segundo o boletim, ela apresentava escoriações no rosto. De acordo com a PM, nos dois casos o homem estava com sinais de embriaguez.
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade