Publicidade

Estado de Minas

Vereador é suspeito de assediar jovem com problemas psicológicos

O caso ocorreu em Dores do Indaiá nesta segunda-feira. De acordo com o pai da vítima, o político já teria, inclusive, financiado os medicamentos do jovem


postado em 25/03/2019 19:05 / atualizado em 25/03/2019 19:21

Vereador foi eleito em 2016 com 320 votos, o equivalente a 3,7% dos votos válidos(foto: Reprodução/ Google Street View)
Vereador foi eleito em 2016 com 320 votos, o equivalente a 3,7% dos votos válidos (foto: Reprodução/ Google Street View)

O vereador de Dores do Indaiá, no Centro-Oeste de Minas Gerais, Aurivaldo Donizette da Silva, mais conhecido como Pedro do Sindicato (PHS), foi acusado de ter assediado sexualmente um jovem de 18 anos na manhã desta segunda-feira. De acordo com testemunhas, a vítima faz tratamento psicológico.

Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), o jovem contou aos agentes que, por volta das 10h40, o vereador entrou em um salão onde estava a vítima. Aproveitando que estavam sozinhos no estabelecimento, ele teria ido até o banheiro, segurado o órgão genital e chamado o jovem para entrar.

Ainda de acordo com a vítima, o homem ainda tentou segurá-lo pelo braço e puxá-lo. No entanto, o jovem ainda conseguiu se soltar e voltar para o salão correndo. Nesse momento, Aurivaldo teria saído naturalmente do banheiro e se retirado do salão. 

Em depoimento aos policiais, o pai da vítima disse que o filho faz uso de medicamentos controlados e que, inclusive, o vereador já teria bancado os remédios em outra ocasião. 

Após o testemunho, policiais foram à procura do suspeito, que foi encontrado rapidamente no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Dores do Indaiá. Ele foi levado à delegacia da cidade, onde prestou depoimento e, posteriormente, foi liberado. 

O Estado de Minas procurou a Câmara Municipal de Dores do Indaiá, que, por meio de uma funcionária, informou que ainda não foi notificada sobre a ocorrência.  Em relação ao sindicato - onde o vereador foi encontrado -, a reportagem não conseguiu contato com nenhum representante.

Aurivaldo Donizette da Silva, o Pedro do Sindicato (PHS), tem 46 anos e foi eleito em 2016 com 320 votos válidos, o que equivale a 3,7% dos votos válidos de Dores do Indaiá.

*Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade