Publicidade

Estado de Minas

BH tem pancadas de chuva nesta segunda-feira; instabilidade deve persistir até sexta

A Defesa Civil Municipal emitiu alerta para pancadas de chuva entre a tarde desta segunda-feira e a manhã de terça-feira


postado em 18/03/2019 14:22 / atualizado em 18/03/2019 17:19

Chuva pode ser acompanhada de rajadas de vento e raios(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press. )
Chuva pode ser acompanhada de rajadas de vento e raios (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press. )

A semana começa em Belo Horizonte com um alerta para a população. Pancadas de chuva atingem a cidade no início da tarde desta segunda-feira. De acordo com a Defesa Civil Municipal, rajadas de ventos de até 50 quilômetros por hora e raios podem ocorrer até a manhã de terça-feira. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informa que a instabilidade deve continuar até sexta-feira. Até 15h15, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil não registraram ocorrências.

As pancadas de chuva são típicas nesta época do ano. Além disso, a instabilidade é provocada por áreas de baixa pressão que avançam pela Região Sudeste. “Essas áreas estão no litoral, o que favorece a instabilidade no estado. Então, deve continuar esta condição, com pancadas de chuva normalmente no fim da tarde e a noite”, explica a meteorologista Anete Fernandes, do Inmet.
(foto: Alexandre Guzanshe/EM)
(foto: Alexandre Guzanshe/EM)


A instabilidade deve continuar em quase todas as regiões do estado. “Hoje (segunda-feira) e amanhã (terça-feira), podemos ter chuva na Região Centro-Sul do estado, incluindo a região metropolitana, Leste, Zona da Mata, Campos das Vertentes, Sul, Triângulo e Noroeste. Nesta terça-feira, devemos ter dias mais nublados, podendo chover logo de manhã em diversas regiões”, disse a especialista.

Outono


Nesta quarta-feira, teremos mudança de estação, do Verão para o Outono. A mudança vai ocorrer exatamente 18h58. “É um momento de transição entre o verão chuvoso e o inverno seco. Historicamente, o final de março e o início de abril temos as típicas pancadas de chuva no fim de tarde. Em meados de abril, a chuva se torna mais rara. Começamos a observar uma maior variação de temperatura, com um friozinho a noite e no início da manhã”, afirmou Anete Fernandes.

Na estação, há também a chegada do frio. “Em maio é que temos a primeira onde de frio, que corresponde com o avanço de massas de ar polar de moderada a forte. Com isso, podemos ter queda brusca de temperatura de um dia para o outro”, explicou a especialista.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade