Publicidade

Estado de Minas

Homem atropela ex-namorada após tentar queimá-la em BH

Ex-namorado passa com o carro nos braços e pernas da mulher, após agredi-la e jogar gasolina


postado em 09/03/2019 20:33

Mais um caso de tentativa de feminícidio: um homem de 32 anos foi preso, suspeito de tentar matar a ex-namorada na madrugada deste sábado, no Bairro Cabana, na Região Oeste de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele deferiu golpes com um pedaço de madeira, encharcou-a de gasolina e ameaçou atear fogo. Não satisfeito, ele ainda atropelou a vítima e fugiu. Horas depois, o acusado foi localizado e preso.

Segundo a PM, o homem ligou para a jovem, de 26 anos, na manhã de ontem para tentar reatar o relacionamento. Com a negativa, o homem insistiu e foi até a casa dela, no Bairro Jonas Viega, na Região Leste da capital, para convida-la para sair. De acordo com o relato da vítima aos policiais, ela concordou e o saíram juntos para comprar uma cerveja.

Mais tarde, eles foram dar uma volta de carro e os dois seguiram até um terreno baldio, atrás do Hospital da Baleia, no Bairro Saudade, na mesma região. Lá, o homem tentou novamente reatar com a moça. A jovem contou que, mais uma vez, negou o pedido. E foi a partir desse momento que as agressões começaram: ele foi até o porta-malas e pegou um pedaço de madeira e um galão de gasolina. O homem deferiu diversos golpes na cabeça da ex-companheira e a encharcou de gasolina. Ela disse aos policiais que ele só não a incendiou porque ela concordou que voltaria a namorá-lo.

Porém, não satisfeito, ele manteve a jovem no carro. Eles seguiram até uma padaria no Bairro Cabana. Ela aproveitou o momento de distração e tentou sair do carro. Porém, ele a puxou pela saia e acelerou o carro, a arrastando pelo asfalto. A peça de roupa rasgou e ela ficou no chão. Em seguida, ele passou o veículo por cima de seu braço e sua perna esquerdos.

O homem fugiu e a mulher foi socorrida por populares. Ela foi levada para a UPA próximo do local. Lá os funcionários da saúde chamaram a polícia e ela fez o boletim de ocorrência.

O homem foi preso mais tarde em Betim, na Região Metropolitana de BH. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Mulheres de BH.


Publicidade