Publicidade

Estado de Minas

Operação da PRF durante o carnaval terá reforço de policiais de outros estados

A fiscalização, que começa sexta e termina na próxima quarta-feira, terá 23 radares portáveis e 200 etilômetros para coibir a mistura de álcool e direção


postado em 28/02/2019 09:51 / atualizado em 28/02/2019 09:59

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 14/02/2019)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press - 14/02/2019)


Começa à meia-noite desta sexta-feira, 1º de março, a Operação Carnaval 2019 da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Neste ano, as ações em Minas Gerais terão o reforço de 70 policiais de outros estados para garantir a segurança dos motoristas e realizar o atendimento em caso de acidentes até as 23h59 da Quarta-feira de Cinzas. 

Segundo a polícia, além de rondas ostensivas nas BRs que cortam o estado, os policiais vão se posicionar estrategicamente nos trechos mais movimentados e também naqueles considerados críticos pelo alto índice de acidentes e grande número de infrações de trânsito. 

Todo o efetivo estará empenhado durante o feriado. A fiscalização terá 23 radares portáveis e 200 etilômetros para coibir a mistura de álcool e direção, infração gravíssima punida com suspensão da CNH por 12 meses e multa de R$2.934,70. 

Assim como em outros feriados prolongados, também haverá restrição do tráfego de bitrens, rodotrens, treminhões, cegonheiras carregadas e veículos com cargas excedentes, que precisem de Autorização Especial de Trânsito (AET). A restrição é para as rodovias federais de pistas simples, em alguns dias do feriado. Veja: 

  • 01/03/2019, sexta-feira das 16h às 22h
  • 02/03/2019, sábado das 06h às 12h
  • 05/03/2019, terça-feira das 16h às 22h
  • 06/03/2019, quarta-feira das 06h às 12h

Motoristas que descumprirem essa determinação serão multados em R$ 130,16, receberão pontos na CNH e terão os veículos retidos. Os telefones de emergência da PRF em Minas Gerais são 191 e (31)3064-5300. Para ver as dicas de segurança da políia nas estradas, cliquei aqui:




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade