Publicidade

Estado de Minas

Van cai em ribanceira e deixa feridos na BR-040, entre Congonhas e Ouro Preto

Veículo capotou na pista e caiu em uma ribanceira às margens da rodovia. Trânsito foi interditado. Dezessete pessoas, que estavam a caminho do trabalho, ficaram feridas


postado em 28/02/2019 07:51 / atualizado em 28/02/2019 11:14

(foto: Via 040/Divulgação)
(foto: Via 040/Divulgação)


Uma van capotou e caiu em uma ribanceira na manhã desta quinta-feira na BR-040, entre Congonhas e Ouro Preto, Região Central de Minas Gerais. O veículo transportava trabalhadores e 17 pessoas ficaram feridas. 

O acidente ocorreu no km 603, perto da comunidade do Pires, no sentido Rio de Janeiro-Belo Horizonte, por volta das 6h15. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os passageiros da van são funcionários de dois restaurantes que ficam na rodovia. Eles haviam saído de Pires e estavam a caminho do trabalho quando o acidente ocorreu. Estava chovendo, o motorista perdeu o controle da van e ela caiu na ribanceira. Ainda segundo a PRF, o veículo era fretado para o transporte dos funcionários e está com a documentação regular. 

Havia pelo menos 20 pessoas no veículo e 17 ficaram feridas. Elas foram socorridas por equipes do Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da concessionária Via 040. Pelo menos cinco pessoas foram levadas ao Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. As demais foram conduzidas aos hospitais BOm Jesus, em Congonhas, e ao Hospital e Maternidade São José, em Conselheiro Lafaiete.

Ver galeria . 9 Fotos Van capotou e caiu em ribanceira na BR-040 na manhã desta quarta-feira, na Região Central de MinasVia 040/Divulgação
Van capotou e caiu em ribanceira na BR-040 na manhã desta quarta-feira, na Região Central de Minas (foto: Via 040/Divulgação )


O trecho chegou a ser totalmente interditado para o resgate das vítimas, com apoio de helicópteros. Às 7h53, segundo a Via 040, o trânsito permanecia interditado apenas no sentido Belo Horizonte. O trânsito foi totalmente liberado por volta das 10h30. Durante o resgate, o congestionamento nos dois sentido chegou a 6 quilômetros, mas já estava menor no momento da liberação.  

 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade