Publicidade

Estado de Minas

Polícia libera BR-356, nos dois sentidos, até meia-noite desta quinta-feira

De acordo com o Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), trecho entre os Kms 35 e 41 voltará a ser interditada a partir das 0h; uma reunião marcada para sexta deve definir a situação para os próximos dias


postado em 21/02/2019 21:05 / atualizado em 21/02/2019 21:09

(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)
(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)

 
O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), responsável pela BR-356 interditada desde o fim da tarde de ontem, realiza um teste na rodovia na noite desta quinta-feira. Com isso, o trecho compreendido entre os Kms 35 e 41 tem tráfego liberado até meia-noite. As pistas voltarão a ser bloqueadas a partir de 0h. 

Ainda segundo o CPRv, uma reunião está marcada para esta sexta-feira para definir a situação para os próximos dias. O encontro será entre a Polícia Militar (PM), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) e a mineradora Vale, responsável pela Barragem Vargem Grande, em ameaça de rompimento em Nova Lima, na Grande BH.

“Realizamos um teste, devidamente monitorado, mas, por enquanto, ela permanece interditada. Amanhã teremos mais informações. Estamos debruçados em um estudo para minimizar os impactos em nossa sociedade”, detalhou o porta-voz da PM, major Flávio Santiago, em áudio enviado à imprensa.

A interdição começou às 17h dessa quarta, justamente pelo risco de engolimento deste trecho da BR-356 em caso de vazamento da barragem. Desde então, houve diminuição das pistas bloqueadas, já que a previsão inicial ia do Km 35 ao 50. Segundo o major Flávio Santiago, os rejeitos demorariam cerca de quatro minutos para chegar à rodovia em uma eventual tragédia. 

Em coletiva realizada na tarde desta quinta, o CPRv deu detalhes sobre o trânsito na BR-356. Segundo a polícia, 25 mil motoristas trafegam pelo local diariamente. A estimativa foi repassada à corporação pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), segundo o tenente-coronel Paulo Antônio de Moraes, comandante do Comando de Policiamento Rodoviário. 

Na mesma ocasião, o secretário de Estado de Turismo e Cultura, Marcelo Matte, reconheceu o impacto econômico que o fechamento da rodovia federal gera para as cidades, principalmente às vésperas do carnaval, data muito importante para Ouro Preto e Mariana, especialmente. Contudo, ele disse que a maior prioridade é preservar vidas.

Por isso, quando o bloqueio voltar à ativa a partir de meia-noite, os condutores de veículos leves que quiserem chegar as duas cidades precisam passar pela MG-030, transitando por Nova Lima e Rio Acima. O desvio aumenta a viagem em 43 quilômetros. 

Já os caminhões e carretas devem optar pela BR-040, na altura de Congonhas, no sentido Ouro Branco, seguir para a MG-443 e pela MG-129 até Ouro Preto, e voltar a Itabirito. O acréscimo, neste último caso, é de 80 quilômetros. Os veículos pesados também podem acessar a comunidade de Lobo Leite, na BR-040. Por este caminho, eles podem acessar a MG-030 e encurtar a viagem em 40 quilômetros. Contudo, este desvio inclui um trecho de estrada de chão.
 
Veja os desvios nos detalhes abaixo:
 
(foto: Arte/Hudson Franco)
(foto: Arte/Hudson Franco)
 
 


Publicidade