Publicidade

Estado de Minas

Cães que atuaram em Mariana ajudam no resgate de corpos em Brumadinho

Além de quatro cães de Minas Gerais, há equipes de animais do Rio e de Alagoas trabalhando. Animais de outros estados devem chegar para ajudar nos trabalhos


postado em 28/01/2019 15:44 / atualizado em 28/01/2019 15:51

Cão Thor toma banho de mangueira junto com o sargento que o auxilia(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A.Press)
Cão Thor toma banho de mangueira junto com o sargento que o auxilia (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A.Press)

O cão bombeiro Thor, de 5 anos, que auxiliou nas buscas pelos corpos em Mariana, está trabalhando na manhã desta segunda-feira com os militares atrás de desaparecidos, em Brumadinho. Ele acompanhou o sargento Leonardo Costa na área do Pontilhão e foi fundamental para ajudar a encontrar corpos em um segundo ônibus encontrado pelos bombeiros em meio à lama da Vale.



"O trabalho lá é muito difícil porque o acesso está muito úmido. O cachorro é treinado e trabalha sob demanda, não vai além do que consegue", afirmou. O sargento disse que, no trabalho dos cães, a equipe leva água e ração. Eles também são assistidos por uma equipe de veterinários.

Além de quatro cães de Minas Gerais, há equipes de animais do Rio e de Alagoas trabalhando. Segundo o tenente-coronel Eduardo Ângelo da Silva, virão mais animais do Espírito Santo. Ele afirma, porém, que o uso dos cães só pode ocorrer quando o solo está mais firme.

Depois de chegar de mais um resgate, o cão Thor tomou um banho de mangueira junto com o sargento que auxilia e foi descansar.

Solo úmido


Segundo o tenente, como já se passaram 48 horas do rompimento, o uso de maquinário pesado já seria possível, mas como o solo ainda está inconsistente seria improdutivo.

No principal ponto de apoio dos helicópteros no córrego do feijão, vários corpos chegaram até o início da tarde, transportados pelos bombeiros.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade