Publicidade

Estado de Minas

'É preciso que os protocolos de segurança sejam revistos', diz Dodge sobre desastre

Procuradora-Geral da República pediu celeridade para encontrar soluções para Brumadinho e cobrou que as tecnologias para detecção de rompimentos sejam aprimoradas


postado em 26/01/2019 16:25 / atualizado em 26/01/2019 16:34

Ver galeria . 26 Fotos  Tragédia de Brumadinho - Rompimento de rejeitos da Barragem 1 da Mina Feijão (Córrego Feijão)Gladyston Rodrigues/EM/D.A press
Tragédia de Brumadinho - Rompimento de rejeitos da Barragem 1 da Mina Feijão (Córrego Feijão) (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A press )


Em seu primeiro pronunciamento após a tragédia de Brumadinho, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, cobrou mudanças no gerenciamento das barragens de rejeitos no Brasil. Para ela, 'é preciso protocolos científicos sobre seguranças de barragens sejam revistos'. Ainda durante a entrevista, a PGR disse que 'a história se repetiu', justamente pela fragilidade nas tecnologias de prevenção de incidentes. 

Enquanto o fortalecimento desses sistemas de controle não acontecem, Raquel não descartou a evacuação de comunidades próximas a outras barragens de risco no país. "Tudo isso está sendo considerado num diálogo muito firme e coeso entre os ministérios públicos e os órgãos de Estado do Poder Executivo", afirmou. 

(foto: José Cruz/Agência Brasil)
(foto: José Cruz/Agência Brasil)


Quanto à Vale, a PGR disse que "as medidas estão sendo examinadas de forma conjunta". Ela ressaltou, ainda, a importância de encontrar os desaparecidos e fornecer ajuda a possíveis sobreviventes. Raquel ainda destacou a necessidade do MP se comprometer com os interesses dos atingidos.

A PGR se reuniu, na tarde deste sábado, com o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet, além das demais autoridades envolvidas.

(foto: Arte EM)
(foto: Arte EM)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade