Publicidade

Estado de Minas

Minas Gerais registrou 82 casos de dengue por dia em 2018

Em relação ao ano passado, estado computou 3.492 diagnósticos a mais, com oito óbitos confirmados e 14 em investigação


postado em 07/01/2019 22:44 / atualizado em 07/01/2019 22:48

Em 2018, oito mortes foram confirmadas no estado em decorrência da dengue(foto: Zac Declerck/Flickr)
Em 2018, oito mortes foram confirmadas no estado em decorrência da dengue (foto: Zac Declerck/Flickr)

 
Em boletim divulgado nesta segunda-feira (7), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que Minas Gerais teve 29.875 casos de dengue em 2018 – uma média de 82 diariamente. Quanto às mortes, a pasta manteve o número de oito vidas perdidas, com outras 14 situações em análise. 

Considerando o período entre 2 e 29 de dezembro, quatro municípios estão com incidência muito alta de casos prováveis: Mirabela (Norte), Guarani (Mata), Unaí (Noroeste) e Campina Verde (Triângulo). Em Martinho Campos (Centro-Oeste), a situação também é de alerta, com incidência alta. Outras sete cidades estão com média incidência, 200 estão com baixa e 641 municípios estão sem registro de casos prováveis.

Dos oito óbitos confirmados até aqui, cinco estão em cidades da Região Centro-Oeste do estado, em Araújos, Arcos, Conceição do Pará, Lagoa da Prata e Moema. Pessoas morreram também nos municípios de Contagem (Grande BH), Ituiutaba (Triângulo) e Uberaba (Triângulo).

Em relação à febre chikungunya, Minas Gerais registrou 11.772 casos prováveis da doença, a maioria na região do Vale do Aço. No ano passado, foi confirmada uma morte pela doença, em Coronel Fabriciano. Outras duas estão em investigação. No caso da zika, foram registrados 184 casos prováveis da doença, sem registro de óbito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade