Publicidade

Estado de Minas

Passageiro desce do ônibus e salva crianças de van atingida por árvore na Av. Nossa Senhora do Carmo

Cinco crianças que foram retiradas não sofreram ferimentos graves. Avenida teve que ser fechada


postado em 06/12/2018 20:32 / atualizado em 06/12/2018 22:09

Van foi atingida próximo a Avenida Uruguai, no Bairro Sion, Região Centro-Sul de BH(foto: Marcos Vieira/EM/D.A>Press)
Van foi atingida próximo a Avenida Uruguai, no Bairro Sion, Região Centro-Sul de BH (foto: Marcos Vieira/EM/D.A>Press)

O temporal que atingiu Belo Horizonte na noite desta quinta-feira provocou uma grave ocorrência na Avenida Nossa Senhora do Carmo, no Bairro Sion, Região Centro-Sul da cidade. Uma árvore de grande porte caiu sobre uma van escolar. Cinco crianças que estavam no veículo foram resgatadas sem nenhum ferimento. O passageiro de um ônibus que passava pela via no momento do incidente, salvou os estudantes e conseguiu retirar todos pela janela do veículo. O motorista da van morreu.

Ver galeria . 44 Fotos Uma árvore de grande porte caiu e atingiu ao menos três veículos. O motorista de uma van morreuMarcos Vieira/EM/D.A press
Uma árvore de grande porte caiu e atingiu ao menos três veículos. O motorista de uma van morreu (foto: Marcos Vieira/EM/D.A press )

“Estava dentro do ônibus, voltando para minha casa. Escutei uns três barulhos de explosão e vi umas luzes. Olhei pela janela e o pessoal estava gritando que a árvore tinha caído. Pedi ao motorista para descer na hora e vim pra cá. Vi que havia cinco crianças dentro da van”, explicou Marcos Henrique de Oliveira, de 22 anos, lutador e socorrista.

O resgate das crianças foi feito pela janela do veículo. “Retirei quatro mais fáceis de tirar pela janela. Depois, fui para a frente, onde uma menina estava presa no cinto de segurança e não conseguia sair. Ela conseguiu puxar o cintoe eu consegui arrancar. Tirei-a por lá mesmo, pela janela. Dei a volta e fui checar o pulso do motorista, mas ele já estava em óbito, infelizmente”, disse. De acordo com Oliveira, as crianças não sofreram ferimentos aparentes. Só ficaram assustadas. “As crianças estavam todas bem, somente em estado de choque. Machucadas, não”, contou o socorrista.

Além da van, outros dois veículos foram atingidos. Marcos Henrique também ajudou os ocupantes a sair dos carros. “Escutei o barulho de uma pessoa tentando abrir o vidro. Fui ao carro do lado e a pessoa disse que não conseguia abrir o vidro nem mexer no banco. Com o cotovelo, estourei o vidro do carro e tirei a pessoa pela janela”, contou.

"A árvore caiu em cima de mim, mas consegui sair do carro", contou Maria Angêla, de 66, que passou por um grande susto. Ela estava indo pra casa com as crianças. "Elas ficaram em estado de choque, mas ninguém se feriu", completou. A família dispensou atendimento médico. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade