Publicidade

Estado de Minas

Trio tenta fuga, troca tiros com a PM e é preso na Avenida Cristiano Machado

Perseguição policial aconteceu depois que um Hyundai HB20 não acatou ordem de parada da PM, manifestada por meio de sinal sonoro; um dos suspeitos foi atingido na perna e levado ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII


postado em 02/11/2018 18:18 / atualizado em 02/11/2018 18:22

Hyundai HB20 branco em posse dos suspeitos tinha a placa clonada, segundo a PM(foto: Reprodução/Polícia Militar)
Hyundai HB20 branco em posse dos suspeitos tinha a placa clonada, segundo a PM (foto: Reprodução/Polícia Militar)

 

A Polícia Militar (PM) se envolveu em uma perseguição contra três suspeitos na Avenida Cristiano Machado, na altura do Bairro Silveira, Região Nordeste de BH. Uma pistola calibre 38, uma arma falsa, celulares e um veículo clonado foram apreendidos durante os trabalhos, conforme a polícia. O caso aconteceu na manhã dessa quinta-feira (1º).


Tudo começou quando os indivíduos apresentaram nervosismo ao passarem ao lado de uma viatura da PM, que estava em patrulhamento. Logo, a corporação afirma ter solicitado a parada do veículo modelo Hyundai HB20 branco ocupado pelos suspeitos.


Contudo, eles não respeitaram o sinal sonoro dos militares e começaram uma fuga pela Cristiano Machado, de acordo com o boletim de ocorrência. Por isso, apoio de mais viaturas foi solicitado, a fim de fazer um cerco para deter os fugitivos.


Em certo ponto da avenida, um tiro foi disparado pelos suspeitos. O projétil acertou outro carro que passava pela via, mas não feriu nenhum ocupante, segundo a PM.


Momentos depois, o suspeito que estava no banco de trás desceu do Hyundai HB20, ainda conforme a polícia. Como ele estava armado, um agente disparou contra o homem e o acertou na perna esquerda. O ferido foi encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro João XXIII e foi identificado como Rômulo Rogiman Rodrigues da Silva, de 30 anos.


Apesar do colega estar ferido, os outros dois ocupantes do carro pisaram no acelerador e prosseguiram em fuga. Eles só deixaram o veículo após baterem contra um Ford Focus, que estava parado em um sinal no cruzamento com a Avenida José Cândido da Silveira, na altura do Bairro Cidade Nova.


Apesar do acidente, os dois suspeitos continuaram em fuga, de acordo com o boletim de ocorrência. Eles foram detidos minutos depois. Um dos homens tentou se esconder em um restaurante, mas não obteve êxito.


Os outros dois envolvidos foram identificados como Ramon Gibson Cota, de 28, e Nathan Leite Barbosa, de 18. Nathan era dono do carro, que era clonado.


Ele afirmou à PM que comprou o veículo por R$ 10 mil. Também disse que jamais havia disparado contra os militares, mas sim com intuito de facilitar a fuga.


Os dois detidos foram levados à Central de Flagrantes I, situada no Bairro Floresta, Leste da capital. A PM não soube informar o estado de saúde do suspeito Rômulo, baleado durante a ocorrência.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade