Publicidade

Estado de Minas

Venda de talões impressos do rotativo termina nesta sexta-feira

O usuário que tem talões em casa ou no carro ainda poderão utilizá-los, sem prazo para extinção. Veja como comprar os créditos eletrônicos


postado em 25/10/2018 18:31 / atualizado em 25/10/2018 19:47

(foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
(foto: Gladyston Rodrigues/EM/DA Press)
Motoristas que ainda não usam o sistema de estacionamento rotativo digital tem até esta sexta-feira para começarem a usar a plataforma. Como divulgado pelo Estado de Minas, os velhos tíquetes de faixa azul não serão mais vendidos nas bancas de Belo Horizonte. Entretanto, se você ainda tem talões em casa ou no carro, não se desespere, a utilização deles ainda é permitida, sem prazo para extinção.
 
Pela nova plataforma, com o aplicativo no celular ou em postos de vendas, o motorista que quiser estacionar até o tempo máximo indicado na placa de sinalização do rotativo deverá comprar créditos eletrônicos. Já o usuário que pretende ficar por até 30 minutos poderá lançar mão do bônus eletrônico de gratuidade. O preço é de R$ 4,40, assim como o da folha de rotativo. 
 
No entanto, conforme as regras do serviço, está proibida “a utilização da vaga pelo mesmo veículo de forma consecutiva, pelo uso sequencial do crédito eletrônico e do bônus, ou vice-versa, sem retirar o veículo da vaga.” 
 
A norma também se estende às vagas exclusivas para motos de aluguel, que, no sistema convencional, não contavam com um mecanismo efetivo de fiscalização ao tempo de permanência. Porém, não está prevista a cobrança de crédito aos motofretistas, nem aos demais motociclistas.

O Estacionamento Rotativo digital foi implantado no final de junho pela Prefeitura de Belo Horizonte e, até esta quinta-feira, 585 dos motoristas que utilizam o sistema de folhas já estão usando o formato eletrônico. Além disso, mais de 910 mil créditos já foram adquiridos, dos quais 686 mil foram ativados.
 
Encontrou a vaga ideal e deseja estacionar? Veja como:
 
Motorista
 
1) Baixe um dos apps nas lojas virtuais e faça o seu cadastro
 
2) Compre créditos e pague com cartão de crédito, débito ou boleto. É possível comprar também em um dos postos de venda
 
3) Ao estacionar em uma vaga do sistema, faça o login no aplicativo e ative o crédito
 
4) Com o crédito ativado, os fiscais conferem se o veículo está registrado no sistema de acordo com o horário permitido em cada local
 
Motofretista
 
1) Baixe um dos apps nas lojas virtuais e faça o seu cadastro
 
2) Ao estacionar em uma vaga do sistema, faça o login no aplicativo 
 
3) Com o app ativado, os fiscais conferem se o veículo está registrado no sistema de acordo com o horário permitido: uma hora
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie
 
 
 




 



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade