Publicidade

Estado de Minas

Após furto, Associação de Assistência à Criança Deficiente cancela programa de reabilitação

Xbox e Kinect da sala de Reabilitação Virtual foram roubados na noite de segunda-feira. Instituição estima perda de R$ 4 mil


postado em 23/10/2018 18:01 / atualizado em 23/10/2018 21:12

(foto: Divulgação/AACD)
(foto: Divulgação/AACD)
Após um furto de aparelhos eletrônicos, a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, declarou o cancelamento de um dos serviços de reabilitação oferecidos pela instituição. O crime ocorreu no Bairro Planalto, na noite dessa segunda-feira, e, segundo a associação, a Polícia Militar já foi acionada.

Segundo a AACD, o assaltante escalou a parede da instituição e entrou pela janela da sala de Reabilitação Virtual, onde roubou os aparelhos Xbox e Kinect com os controles remotos usados nas terapias dos pacientes atendidos. Na manhã desta terça-feira, os funcionários teriam notado as pegadas na parede e a janela quebra. A associação estima uma perda de R$ 4 mil.

Em nota divulgada, a AACD lamentou o ocorrido e disse que "espera que o caso seja resolvido o mais breve possível pelas autoridades".

O Estado de Minas tentou contato com a Polícia Militar, que informou não ser possível passar detalhes da ocorrência por problemas técnicos.
 
Reabilitação Virtual| Lançada no final de agosto na unidade, a terapia utiliza uma interface oferecida por jogos virtuais para ampliar as possibilidades terapêuticas e potencializar a reabilitação funcional neurológica convencional, o treino de atividades cotidianas e a melhora da autonomia do paciente.

Conforme a associação, a Reabilitação Virtual é indicada para todos os diagnósticos, tanto de crianças acima de cinco anos como adultos atendidos na instituição.

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade