Publicidade

Estado de Minas

Casal é preso suspeito de aplicar golpes em cerca de 20 pessoas com prejuízo de R$500 mil

Eles são acusados de comercializar produtos e imóveis sem efetuar a entrega. O casal está preso temporariamente


postado em 17/10/2018 20:04 / atualizado em 17/10/2018 20:40

Um casal acusado de aplicar golpes em cerca de 20 pessoas e gerar um prejuízo total de R$ 500 mil às vítimas foi preso temporariamente, nessa terça-feira, em Lagoa Santa, Região Central de Minas Gerais. Luciena Souza Ferreira, de 32 anos, e seu marido, Bruno Ferreira Teixeira, 38, comercializariam produtos e imóveis, mas acabavam não efetuando as entregas.

De acordo com a Polícia Civil, os investigadores estão no caso háaproximadamente dois meses, quando apareceram as primeiras denúncias. A corporação ainda afirma que, em muitas das ocasiões, após serem questionados pelas vítimas sobre a demora na entrega, os suspeitos inventavam justificativas, mas nunca concluíam a negociação.

Eles devem ficar presos por cinco dias, prazo determinado na prisão temporária. Conforme a Polícia Civil, não serão informados mais detalhes do crime para preservar as investigações.

*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade