Publicidade

Estado de Minas

BR-040: pedágio a R$ 5,30 já está valendo hoje

Tarifa cobrada na rodovia voltou ao patamar anterior depois de medida cautelar concedida ao consórcio que opera a 040


postado em 12/10/2018 06:00 / atualizado em 12/10/2018 07:42

Praça de pedágio em Itabirito: tarifa mais cara a partir desta sexta(foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)
Praça de pedágio em Itabirito: tarifa mais cara a partir desta sexta (foto: Beto Novaes/EM/D.A Press)


Quem já está na estrada ou pretende viajar neste feriado prolongado pagará pedágio mais caro no trecho da BR-040 em Minas, Distrito Federal e Goiás (Brasília – Juiz de Fora). Desde o início da madrugada de hoje, a tarifa voltou a custar R$ 5,30 para os veículos da categoria 1. A Justiça Federal da 1ª Região (DF) concedeu medida cautelar à Via-040 restabelecendo a tarifa básica cobrada nas praças de pedágio. Por meio de nota, a concessionária confirmou a elevação imediata da taxa.

Em agosto, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) determinou que os valores do pedágio para carros, caminhonetes, e furgões teriam redução de R$ 0,20 devido à falta de execuções de obras de duplicação na estrada previstas em contrato. A decisão judicial que suspende os efeitos da determinação da agência foi publicada ontem no Diário Oficial da União (DOU).

“A tarifa entra em vigor a partir da zero hora do dia 12 de outubro de 2018, nas 11 praças de pedágio administradas pela concessionária, em Cristalina (GO), Paracatu (MG), Lagoa Grande (MG), João Pinheiro (MG), São Gonçalo do Abaeté (MG), Felixlândia (MG), Curvelo (MG), Sete Lagoas (MG), Itabirito (MG), Conselheiro Lafaiete (MG) e Barbacena (MG)”, informou a concessionária.

Com a alteração, o valor do menor pedágio, para veículos da categoria 1 – automóveis, caminhonetes e furgões de rodagem simples – vai a R$ 5,30. A mais cara, para caminhões com reboque e caminhão trator com semirreboque, de rodagem dupla, passa a custar R$ 31,80.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade