Publicidade

Estado de Minas

Pedágio da BR-040 volta a custar R$ 5,30 no feriado de 12 de outubro

ANTT havia determinado redução de R$ 0,20 em agosto deste ano por falta de execuções de obras de duplicação


postado em 11/10/2018 12:01 / atualizado em 11/10/2018 20:23

Praça de pedágio da BR-040 em Sete Lagoas, na Região Central de Minas(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 06/08/2015)
Praça de pedágio da BR-040 em Sete Lagoas, na Região Central de Minas (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press - 06/08/2015)

Quem for pegar a estrada no feriado prolongado de 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, e Dia das Crianças, deve ficar atento à cobrança de pedágio no trecho da BR-040 em Minas, Distrito Federal e Goiás (Brasília – Juiz de Fora). O valor para veículos da categoria 1 volta para R$ 5,30 a partir da zero hora do dia 12. 

A informação foi confirmada nesta quinta-feira, pela Via 040, por meio de nota. A decisão é da Justiça Federal da 1ª Região (DF), que concedeu medida cautelar restabelecendo a tarifa básica de pedágio no trecho concedido à empresa. 

Em agosto, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) determinou que os valores do pedágio para carros, caminhonetes, e furgões teriam redução de R$ 0,20 devido a falta de execuções de obras de duplicação na estrada previstas em contrato. A deliberação que suspende os efeitos da anterior foi publicada pela ANTT hoje no Diário Oficial da União (DOU). 

“A tarifa entra em vigor a partir da zero hora do dia 12 de outubro de 2018, nas 11 praças de pedágio administradas pela concessionária, em Cristalina (GO), Paracatu (MG), Lagoa Grande (MG), João Pinheiro (MG), São Gonçalo do Abaeté (MG), Felixlândia (MG), Curvelo (MG), Sete Lagoas (MG), Itabirito (MG), Conselheiro Lafaiete (MG) e Barbacena (MG)”, informou a concessionária. 

Veja como fica a tabela de preços do pedágio para veículos de todas as categorias a partir de 12 de outubro: 

(foto: Via 040/Divulgação)
(foto: Via 040/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade