Publicidade

Estado de Minas

Corpo de empresário enforcado é deixado em apartamento

Polícia suspeita de latrocínio. Leônidas de Araújo Leão Júnior tinha 54 anos


postado em 30/09/2018 22:51 / atualizado em 01/10/2018 08:56

A suspeita é que ele foi vítima de latrocínio. O corpo foi encontrado com os pés e mãos amarrados e amordaçado(foto: Reprodução da internet/Facebook)
A suspeita é que ele foi vítima de latrocínio. O corpo foi encontrado com os pés e mãos amarrados e amordaçado (foto: Reprodução da internet/Facebook)

O corpo de empresario Leônidas de Araújo Leão Júnior, de 54 anos, dono de empresa de transportes, foi  encontrado neste domingo em seu apartamento, no Bairro Morada do Sol,  em Montes Claros, no Norte de Minas.

A suspeita é que ele foi vítima de latrocínio.  O corpo foi encontrado com os pés e mãos amarrados e  amordaçado.  Ele foi morto por enforcamento,  com um lençol.

O empresário,  que era conhecido como Junior Parrela, estava desaparecido desde a noite de sábado.

A câmera de vídeo do sistema de segurança do prédio registrou imagens de dois rapazes que entraram no apartamento da vítima.

Os dois estranhos são apontados como os principais suspeitos do crime.  Eles deixaram o local em uma moto do empresário.  A moto foi deixada a menos de 500 metros do prédio,  onde foi encontrada. O telefone celular de Júnior Parrela também foi levado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade