Publicidade

Estado de Minas

'Está preparada para não alagar mais', diz Kalil sobre a Barragem Santa Lúcia

Intervenção no espelho d'água, que fica no Parque Jornalista Eduardo Couri, já deve conter águas do próximo período chuvoso. Objetivo é evitar alagamentos na Avenida Prudente de Moraes


postado em 19/09/2018 12:30 / atualizado em 19/09/2018 13:55

Ação é executada pela equipe da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e o investimento é de cerca de R$ 1,8 milhão na obra(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
Ação é executada pela equipe da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e o investimento é de cerca de R$ 1,8 milhão na obra (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), visitou na manhã desta quarta-feira as obras de urbanização em execução na barragem Santa Lúcia, na Região Centro-Sul. Na ocasião, o prefeito garantiu que a obra na barragem, que já está sendo esvaziada, estará preparada até o período chuvoso – que começa em outubro – para evitar alagamentos na Avenida Prudente de Morais.

"Se vai alagar ou não, você vai ter que conversar com São Pedro e não comigo. Mas, (a barragem) está preparada para não alagar. São 30 mil metros cúbicos retirados – o que corresponde a 5 mil caminhões de 6 metros cúbicos cada um. É uma obra importante pra evitar o que já aconteceu", pontuou Kalil.

O objetivo do procedimento é manter os níveis de água e capacidade de retenção da lagoa, que é de 100 mil metros cúbicos. O desassoreamento é uma importante etapa na prevenção de enchentes do Córrego Leitão. A ação é executada pela equipe da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e o investimento é de cerca de R$ 1,8 milhão na obra.

Em 2013, foram retirados 15 mil metros cúbicos de sedimentos da Barragem Santa Lúcia, além da recuperação das margens em pontos localizados e do espelho d'água e obras complementares. A intervenção custou R$ 3,5 milhões.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade